Fonte: OpenWeather

    Feminicídio


    ‘Tentei protegê-la’, diz mãe que teve filha morta por marido em Manaus

    Ainda conforme relatos de familiares da vítima, os filhos do casal, de 2 e 8 anos, presenciaram crime

    Vitima de tentativa de homicídio, a mãe da vítima pede por Justiça
    Vitima de tentativa de homicídio, a mãe da vítima pede por Justiça | Foto: Daniel Landazuri

    Manaus - “Ele agrediu minha filha com um pedaço de perna-manca. Fui tentar ajudá-la, mas ele também me bateu com a madeira e me empurrou”. Esse é o depoimento da dona de casa Vane Corrêa Machado, de 41 anos, que viu a filha, a operadora de caixa Aline Pâmela Teixeira Machado, 26, ser brutalmente agredida e morta pelo marido, o borracheiro Douglas Ricardo Silva Costa, 26, na madrugada desta terça-feira (20). 

    O crime aconteceu dentro da casa das vítimas, na rua Ayrton Senna, comunidade Perpétuo Socorro, bairro Cidade Nova, na Zona Norte de Manaus. 

    A mãe da vítima, após receber alta médica, contou à imprensa que o genro tinha um ciúme doentio pela filha. "Hoje ele acordou por volta das 5h e viu ela mexendo no celular, quando iniciou toda a confusão. Ele quebrou aparelho da Aline e ela foi no meu quarto pedir ajuda", disse a dona de casa.

    Amparada por uma amiga, a mãe da vítima conversou com a imprensa
    Amparada por uma amiga, a mãe da vítima conversou com a imprensa | Foto: Daniel Landazuri

    A dona de casa informou, ainda, que os filhos do casal, de 2 e 8 anos, presenciaram o crime. "Ele trancou as crianças dentro de casa, mas eles estavam acompanhado toda a briga. A minha neta mais velha conseguiu pegar meu celular e ligou para a tia dela para pedir ajuda", explicou Vane.

    Quando viu a esposa bastante ensanguentada e sem sinais vitais jogada no chão, o suspeito do crime fugiu pulando o muro da residência. 

    Histórico violento

    Douglas Ricardo é apontado pela família da vítima como uma pessoa violenta.  Há um ano ele tentou matar a companheira estrangulada. "Ele foi detido porque estava devendo a pensão das crianças, depois que foi solto tentou matar Aline enforcada. Ele também é usuário de drogas", informou a mãe da vítima. 

    Douglas Ricardo é apontado pela família da vítima como uma pessoa violenta
    Douglas Ricardo é apontado pela família da vítima como uma pessoa violenta | Foto: Reprodução Facebook

    "Eles tinham um relacionamento conturbado. Há um mês reataram e ele estava morando na minha casa. No último domingo, ele também havia tentado agredir a Aline em um balneário", disse Vane. 

    Prisão

    Por volta das 13h30, desta terça, Douglas, na companhia de familiares e de um advogado, se entregou no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Depois foi encaminhado para a sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). 

    "O suspeito vai prestar depoimento e vamos aguardar um posicionamento da Justiça para apresentá-lo à imprensa", explicou o delegado Paulo Martins, titular a DEHS. 

    Mais detalhes sobre o depoimento de Douglas será repassado durante coletiva de imprensa, marcada para esta quarta-feira (21), ás 11h, na sede da Delegacia Geral, localizada na avenida Pedro Teixeira, no bairro Dom Pedro.

    Comentários