Fonte: OpenWeather

    Brutalidade


    Bebê de 1 ano é morta com golpes de machado pela mãe e padrasto

    O casal ainda simulou um sequestro e chegou a registrar o caso na polícia

    O caso veio à tona nesta terça-feira, (20), | Foto: Divulgação

    Ceará - A pequena Maria Ester Farias Campelo, de 1 ano e 10 meses, foi assassinada pela própria mãe e pelo padrasto. O crime aconteceu no Ceará. O casal ainda simulou um sequestro e chegou a registrar o caso na polícia.

    O caso veio à tona na terça-feira (20), quando a mãe da criança, Ana Cristina Farias Campelo, e o padrasto, Franciel Lopes de Macedo, procuraram a polícia para informar que trafegavam de bicicleta com a menina no Distrito de Pajuçara, onde moram, quando foram abordados por outro casal que estava em um veículo de cor preta. Armados, os supostos criminosos teriam obrigado os pais a entregar a criança.

    A polícia passou a investigar o caso, mas encontrou contradições nos depoimentos da mãe e do companheiro dela. O casal está junto há apenas quatro meses.

    A suspeita que o casal seria o responsável pelo crime aumentou após a irmã de Franciel prestar depoimento relatando que viu os dois saindo de casa carregando a criança enrolado em um lençol. Disse, ainda, que a Maria Ester chorava demais e exigia muita atenção da mãe. 

    Com o avanço da investigação e das contradições do casal em depoimentos isolados, o crime foi descoberto. A menina foi morta de forma brutal. Ana Cristina informou a localização do corpo da criança.

    Ester foi assassinada a golpes de machado. O corpo foi encontrado enrolado em um lençol e deixado em um terreno baldio no bairro Bom Retiro, no município de Pacatuba, também na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). 

    Comentários