Fonte: OpenWeather

    Troca de tiros


    Identificado quarteto morto em confronto com a Rocam, em Manaus

    O quarteto roubou um carro para praticar arrastões na Zona Sul e durante a fuga trocou tiros com policiais da Rocam

    Os homens morreram no Platão Araújo | Foto: Divulgação

    Manaus - A polícia identificou, nesta quinta-feira (22), os quatro homens mortos durante um confronto com policiais militares da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam). O fato aconteceu na noite de quarta-feira (21), na Alameda Cosme Ferreira, nas proximidades do Terminal Integração (T5), no São José, Zona Leste de Manaus.

    Os mortos são: o cabeleireiro Cleuton Frank de Souza, de 17 anos, Davi Brasil Batalha, de 19 anos, Fernandes Lima Samaias, de 21 anos, e o técnico em mecatrônica Nadson Barros de Lima, de 19 anos.

    Roubo

    Os quatro homens roubaram um carro, modelo Agile, de cor branca, e placa OAO-7338, na rua Florestal, no bairro Zumbi dos Palmares 2, também na Zona Leste, para cometer arrastões na Zona Sul. 

    Entretanto, após receber informações via rádio do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), uma equipe da Rocam localizou o veículo na avenida Buriti, no Distrito Industrial.

    Fuga

    A equipe acompanhou os suspeitos no contra fluxo da avenida até a rotatória do bairro Armando Mendes. Na ocasião, os policiais militares ordenaram que o carro parasse para abordagem, mas os suspeitos ignoram e seguiram pela avenida Autaz Mirim em direção à rotatória da Bola do São José.

    Material encontrado com os suspeitos
    Material encontrado com os suspeitos | Foto: Divulgação

    Durante a perseguição, os criminosos disparam contra a viatura. Os policiais revidaram e acertaram os quatros homens. 

    Os suspeitos ainda foram socorridos pelos próprios policiais e levados ao Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Platão Araújo, onde não resistiram aos ferimentos e morreram por volta das 22h35. 

    Material apreendido 

    Com os suspeitos, os policiais apreenderam um revólver calibre 38, duas pistolas calibre 380 milímetros, sendo um simulacro e munições, além de um cartão de agência bancária e dez celulares roubado. O material foi levado para o 14° Distrito Integrado de Polícia (DIP). 

    Na manhã de hoje, familiares dos suspeitos aguardavam a liberação dos corpos no Instituto Médico Legal (IML). Ninguém quis comentar sobre o caso.

    Comentários