Fonte: OpenWeather

    Duplo Homicídio


    Segundo suspeito baleado em perseguição morre em hospital de Manaus

    Os dois mortos moravam no bairro São José, na Zona Leste. Moradores da área informaram ao Em Tempo que eles eram envolvidos com a criminalidade

    O trio estava sendo perseguido por outro carro da marca Sedan, de cor branca. | Foto: Daniel Landazuri

    O trio estava sendo perseguido por outro carro da marca Sedan, de cor branca.
    O trio estava sendo perseguido por outro carro da marca Sedan, de cor branca. | Foto: Daniel Landazuri

    Manaus - Morreu na manhã deste domingo (25) o segundo suspeito baleado durante uma perseguição na noite de sábado (24). O homem foi identificado como Antônio Augusto Silva Castro, de 30 anos, conhecido como "Babão". O caso ocorreu na avenida Nossa Senhora da Conceição, bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus.

    Luciano Colares Lira, de 19 anos, atingido com um tiro nas costas, foi o primeiro suspeito que morreu no local. Um terceiro envolvido no caso, identificado apenas como "Beiçola", continua internado, vítima de agressão física, no Hospital João Lúcio.

    Procura pela reportagem, a família de Luciano não quis comentar sobre a morte dele. Consta no site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) que o jovem respondia um processo pelo crime de roubo. Nenhum familiar de Antônio foi localizado para comentar o caso. 

    Conforme a perícia, pelo menos, nove disparos atingiram o Citroen C3
    Conforme a perícia, pelo menos, nove disparos atingiram o Citroen C3 | Foto: Daniel Landazuri

    Os dois mortos moravam no bairro São José, na Zona Leste. Outros moradores da área informaram ao Portal Em Tempo que Luciano, "Babão" e "Beiçola" eram envolvidos com a criminalidade.

    "Eles estavam cometendo assalto. Mas não sabemos quem foi que atirou neles. Uns falam que foi a polícia e outros dizem que foi um 'justiceiro'. O 'Babão' ainda era cadeirante", comentou uma dona de casa, de 27 anos, que, por medo de represália, não quis se identificar. 

    O caso 

    Segundo a polícia, Luciano estava dirigindo um carro modelo Citroen C3. "Babão" e "Beiçola" eram passageiras do veículo. O trio estava sendo perseguido por outro carro da marca Sedan, de cor branca. 

    Durante o percurso, os suspeitos foram surpreendidos a tiros. Luciano foi atingido nas costas, perdeu o controle do Citroen C3 e colidiu na calçada de uma funerária. 

    A Delegacia Especializa em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso
    A Delegacia Especializa em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso | Foto: Daniel Landazuri

    Em seguida, o atirador desceu do carro branco e atirou várias vezes na lateral esquerda do veículo onde estavam Babão" e "Beiçola". Os dois passageiros, feridos, foram socorridos e levados para o hospital. 

    Conforme a perícia, pelo menos, nove disparos atingiram o Citroen C3, os projéteis foram recolhidos no local. 

    A Delegacia Especializa em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso.

    Comentários