Fonte: OpenWeather

    Morte


    Adolescente é torturado e morto após reintegração de posse de terras

    A vítima foi agredida e encontrada com vida por policiais na Estrada do Turismo, porém morreu na unidade hospitalar

    Manaus – Um adolescente, identificado como José Igor de Souza, de 17 anos, morreu, na madrugada de domingo (25), após ter sido agredido fisicamente na comunidade Nova Jerusalém, no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

    O crime aconteceu na última quinta-feira (22), na estrada do Bancrevea, após uma reintegração de posse na região, onde a família do jovem morava.

    Um morador da invasão informou ao Portal Em Tempo que a motivação do crime pode ter sido vingança. Segundo ele, após a reintegração de posse, o terreno particular passou a ser  vigiado por seguranças encapuzados durante 24 horas.

    “Após sermos expulsos da invasão na terça-feira (13), estávamos nos abrigando em um terreno baldio, próximo ao local. Já na quinta-feira, quando o José teria ido comprar pão, os seguranças reconheceram que ele estava na invasão. Então, o pegaram, o bateram e o abandonaram na estrada”, disse o morador, que preferiu não se identificar.

    A vítima foi encontrada pelos policiais da 20ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), na Estrada do Turismo, próximo a um posto de combustíveis. José estava sem a orelha direta e agonizando. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para fazer os primeiros socorros e encaminharam o rapaz ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, no bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul.

    O velório do adolescente acontece no bairro Cachoeirinha, Zona Sul, onde os moradores farão uma manifestação por Justiça pela morte de José. Até o momento da publicação desta matéria, nenhum suspeito foi identificado ou preso pela polícia.

    Comentários