Fonte: OpenWeather

    Redução de Mortes


    SSP-AM aponta queda em latrocínios, mas não divulga dados comparativos

    Segundo o órgão de Segurança Pública do Amazonas, houve queda de 36,3% de janeiro até julho desde ano. Porém, a secretaria não divulgou os dados referentes ao mesmo período do ano passado

    Os latrocínios tiveram redução de 36,3% de janeiro até julho | Foto: Divulgação/SSP-AM

    Manaus - Os latrocínios apresentaram redução de 36,3% de janeiro até julho, em Manaus, conforme indicadores da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). Foram 21 casos de roubos seguidos de morte na capital. Apesar do resultado positivo que a pasta afirma ter alcançado, não houve a divulgação dos dados comparativos do mesmo período equivalente ao ano anterior (2018).

    Ainda conforme a SSP, de janeiro a julho deste ano, só a Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), da Polícia Civil, prendeu 28 criminosos pela prática do delito. 

    A redução de latrocínios acompanha a queda dos chamados Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que englobam homicídios, latrocínios e lesão corporal seguida de morte.

    O órgão de segurança pública afirma, ainda, que os crimes de homicídios e lesões corporal também apresentado redução. Os homicídios, por exemplo, acumulam retração de 25,5%.

    Para o delegado Guilherme Torres, titular da DERFD, o trabalho integrado entre as polícias Civil e Militar tem contribuído para inibir e resolver boa parte dos casos.

    “As operações preventivas da Polícia Militar vêm sendo intensas e a resposta da Polícia Civil também, dando ênfase na parte investigativa, porque o latrocínio é o crime mais grave do Código Penal e temos tido êxito na resolução desses latrocínios”, afirmou. Só pela DERFD, 28 latrocidas foram presos este ano.

    *Com informações da assessoria 

    Comentários