Fonte: OpenWeather

    Identificados


    Corpos achados com sinais de tortura em Manaus são de irmãos gêmeos

    As vítimas foram reconhecidas pelo pai, na tarde de segunda-feira (26), no Instituto Médico Legal (IML)

    Os irmãos foram encontrados mortos com marcas de agressão física | Foto: Divulgação

    Manaus –  Os corpos dos dois homens encontrados com sinais de enforcamento e tortura, na manhã de segunda-feira (26), no terreno de uma residência, na rua Dom João Batista, conjunto João Paulo II, bairro Nova Cidade, Zona Norte de Manaus, foram identificados pela polícia. Trata-se dos irmãos gêmeos Rhuan Alencar Gadelha, e Rhyan Alencar Gadelha, de 16 anos.

    As vítimas foram reconhecidas pelo pai, identificado como Wanderlan da Silva Gadelha, no Instituto Médico Legal (IML), na Zona Norte.

    Segundo o pai dos gêmeos, que trabalha como tatuador, os filhos moravam com avó, no bairro São Raimundo, na Zona Oeste da capital amazonense.  Ele desconhece o motivo do crime.

    Os dois irmãos estavam com as mãos, pernas e pescoço amarrados com fio elétrico
    Os dois irmãos estavam com as mãos, pernas e pescoço amarrados com fio elétrico | Foto: Josemar Antunes

    Em depoimento na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Wanderlan declarou que testemunhas viram os gêmeos sendo abordados por homens desconhecidos e entrando em uma picape, de cor preta, e placa não identificada, no último domingo (25).

    Com sacos plásticos na cabeça, Rhuan e Rhyan foram torturados em outro local da cidade. Os dois irmãos estavam com as mãos, pernas e pescoço amarrados com fios elétrico. Um dos irmãos estava despido. A motivação do duplo homicídio está sendo investigado pela DEHS.

    Comentários