Fonte: OpenWeather

    Estupro


    Homem é preso após estuprar e engravidar enteada de 13 anos no AM

    A mãe da criança só descobriu o crime após a chegada do neto, que nasceu em janeiro deste ano

    Crime ocorreu em 2018, com o suspeito estuprando a ex -enteada
    Crime ocorreu em 2018, com o suspeito estuprando a ex -enteada | Foto: Divulgação

    Manacapuru - Um agricultor de 39 anos foi preso, na última segunda-feira (26), em cumprimento a mandado de prisão preventiva por estupro de vulnerável. O crime ocorreu no início de 2018 e a vítima é ex-enteada do infrator, uma adolescente de 13 anos.

    A equipe da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Manacapuru efetuou a prisão na comunidade Santo Antônio, no município de Caapiranga, distante 134 quilômetros em linha reta da capital.

    De acordo com a delegada Roberta Merly, titular da unidade policial, o crime era praticado quando o homem ainda era companheiro da mãe da vítima, e residia na casa delas, situada no bairro Morada do Sol, em Manacapuru, município distante 86 quilômetros em linha reta da capital. Na ocasião, o agricultor aproveitava as ausências da mãe da adolescente para cometer os delitos.

    Ainda segundo a delegada Roberta Merly, depois de ser abusada sexualmente, a menor acabou engravidando do infrator e deu luz ao filho, em janeiro deste ano. A mãe da vítima, após tomar conhecimento do ocorrido, compareceu na unidade policial, no mês de março, para denunciar o ex-companheiro.

    “A partir de investigações em torno do caso, representei junto à Justiça o pedido de prisão em nome do infrator, a ordem judicial foi expedida em 3 de março de 2019, pela juíza Silvânia Correia, da Comarca de Manacapuru, mas o agricultor fugiu. Iniciamos, então, procedimentos de diligências para localizar o denunciado e logramos êxito na prisão dele, na comunidade de Santo Antônio, no município de Caapiranga”, explicou Merly.

    Procedimentos

    O agricultor de 39 anos será indiciado por estrupo de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis na DEP de Manacapuru, o homem será mantido na carceragem da delegacia, que funciona como unidade prisional naquele município.

    Comentários