Fonte: OpenWeather

    Crime


    Vídeo: corpo de motorista de aplicativo é encontrado em ramal

    Durante dois dias, motoristas de aplicativos ajudaram nas buscas

    Higson estava desaparecido desde a noite de terça-feira (3)
    Higson estava desaparecido desde a noite de terça-feira (3) | Foto: Reprodução

    Manaus - O corpo de Higson Cavalcante Ramos, um motorista de aplicativo de 49 anos, foi encontrado na noite desta sexta-feira (6), no Km 12 do ramal do brasileirinho, no bairro Jorge Teixeira, zona Leste de Manaus.O motorista estava desaparecido desde a noite da última terça-feira (3). 

    Segundo Igor Santos, um representante da categoria, as buscas foram realizadas pelo incentivo dos colegas. 

    "Nós tivemos empatia pela família e sabemos a luta e o perigo de estarmos todos os dia na rua, então pegamos nas mãos uns dos outros e fomos atrás do Higson e infelizmente o encontramos sem vida", disse Igor.

    Para a sogra de Higson, Maria Nazaré, o perigo em seguir a profissão de motorista de \plicativo é grande e, quem mais sofre com a violência é a família.

    "Minha filha está abalada demais, ele morreu, mas os filhos continuam aqui, sofrendo. Ele estava trabalhando e foi vítima de algo tão cruel", disse.

    Edson Gonçalves, o motorista que encontrou a corpo, falou com a imprensa e disse que o cadáver encontrado é de Higson e enfatizou a parceria que os cães da Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães) da Polícia Militar do Estado do Amazonas.

    "Durante dois dias intensos, estivemos procurando o paradeiro de Higson, muitas patrulhas com os colegas e a policia militar. Os cães também foram cruciais para ter a encontrá-lo, infelizmente sem vida", disse o motorista.

    Motoristas de aplicativo fizeram uma manifestação na noite desta sexta-feira, saindo do T4 até a sede do Instituto Médico Legal (IML), para protestar por justiça. 

    Assista à reportagem da TV Em Tempo:

    Assista a reportagem | Autor: Waldir Adriano/ TV Em Tempo
     


    Comentários