Fonte: OpenWeather

    Execução


    Criminosos encapuzados executam detento do semiaberto em Manaus

    O crime aconteceu na Zona Sul de Manaus, área que vem sofrendo com constantes assassinos relacionados a briga entre facções criminosas

    O crime será investigado pela DEHS | Foto: Josemar Antunes

    Manaus - A Zona Sul de Manaus voltou a ser palco de novas mortes. Na madrugada desta quarta-feira (11), o detento do semiaberto Gleidson Tenório Carneiro, de 22 anos, foi morto com vários tiros. O crime aconteceu na rua Boa Esperança, no bairro Crespo.

    Gleidson estava sendo monitorado por tornozeleira eletrônica. Segundo informações levantadas na cena de crime pela equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o homem foi surpreendido por três criminosos encapuzados.

    Os pistoleiros efetuaram vários tiros na direção de Gleidson. A vítima não resistiu aos ferimentos e morre no local.

    Por medo de represália, moradores da área não deram mais detalhes sobre o assassinato à polícia. Em consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), foi constatado que Gleidson tinha passagem por tráfico de drogas. 

    O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML), para exames de necropsia. Familiares da vítima não foram encontrados pela reportagem. A DEHS abriu inquérito policial para investigar o assassinato.

    Mortes na Zona Sul 

    Nos últimos meses, a Zona Sul de Manaus vem sendo palco de uma guerra entre facções criminosas, que brigam pelo domínio do tráfico de drogas em na capital amazonense.

    A briga entre as facções rivais Comando Vermelho (CV) e Família do Norte (FDN) está deixando um rastro de sangue na região. Vários assassinatos já foram registrados nos bairros da Zona Sul. 

    Um dos mandantes dos assassinatos, conforme informações de uma fonte policial, é o traficante Wellington Cardoso dos Santos, de 26 anos, conhecido como “Mano Kaio” ou “Kaio do 40”. 

    Conforme informações levantadas pelo Serviço de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), “Mano Kaio” está escondido em um morro no Rio de Janeiro. De lá, o traficante ordena as mortes de rivais.

    Comentários