Fonte: OpenWeather

    Prova de crime


    Polícia encontra vídeo de execução em celular de preso, em Manaus

    O rapaz foi preso no Viver Melhor com uma arma e munições. No celular dele foi encontrado um vídeo de um assassinato com o revolver apreendido

    Nas imagens é possível ver a vítima com os braços amarrados
    Nas imagens é possível ver a vítima com os braços amarrados | Foto: Jhonata Lobato

    Manaus – Após a prisão de Leandro Christopher Ribeiro, de 19 anos, com arma e munições, no conjunto Viver Melhor, na noite desta quinta-feira (26), a polícia encontrou no celular do rapaz um vídeo com o registro de uma execução. Nas imagens é possível ver que a arma apreendida foi usada para matar o possível rival. 

    O tenente Ricardo Lima da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), contou que o rapaz recebeu voz de prisão, e foi encaminhado ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), para ser apresentado junto com os outros objetos apreendidos.

    "Ao analisarmos o celular que estava com ele, encontramos um vídeo, onde a arma capturada, uma pistola Calibri Ponto 40, modelo PT 840, aparecia em um vídeo. Não dá para saber se é ele quem estava portando o revolver”, disse o tenente. 

    Leandro Christopher Ribeiro, de 19 anos, portava um revolver de uso restrito da polícia
    Leandro Christopher Ribeiro, de 19 anos, portava um revolver de uso restrito da polícia | Foto: Reprodução

    Leandro foi preso por volta das 21h, após abordagem dos policiais da 26.ºCicom, que desconfiaram da atitude do rapaz. Com ele foram em encontrados uma pistola, três munições e o celular com as imagens da execução. 

    O Portal Em Tempo teve acesso ao referente vídeo, onde mostra a execução de uma pessoa com os braços amarrados e cobria o rosto com as mãos. A vítima aparenta ser um homem, mas com características femininas. Dez tiros são disparados contra a vítima.

    Leandro tem passagem pelos crimes de tentativa de homicídio e roubo, o rapaz responder em liberdade por esses delitos e usa uma tornozeleira eletrônica. Agora será indiciado por porte ilegal de arma de fogo de uso exclusivo da polícia. O caso será investigado pela polícia civil.

    Veja o vídeo:

    Momento da execução | Autor: Divulgação
     
    Comentários