Fonte: OpenWeather

    Interior


    Vídeo: homem com transtorno mental morre após ser baleado por PM no AM

    Conforme amigos de José, a discussão foi motivada após a vítima ter encostado na moto de um dos policiais envolvidos no caso

    A ação foi registrada por câmeras de segurança
    A ação foi registrada por câmeras de segurança | Foto: Arquivo pessoal

    Eirunepé (AM) - José Francisco Mourão, de 35 anos, conhecido como "Sabão", morreu na noite de sexta-feira (6), em um hospital de Cruzeiro do Sul, no Acre.

    Segundo amigos do homem, ele sofria com problemas mentais e foi baleado durante um desentendimento com policiais militares em Eirunepé (município distante 1.160 quilômetros em linha reta de Manaus). 

    O Portal EM TEMPO teve acesso a um vídeo que mostra o momento do crime. Nas imagens, um policial militar à paisana, usando bermuda e camiseta preta, estaciona a moto próximo a um grupo de colegas, que estão consumindo bebidas alcoólicas.

    A vítima aparece no canto superior do vídeo. José Francisco atravessa a rua pega um pedaço de madeira e retorna em direção ao PM.

    O policial observa e saca a arma. Os dois discutem e Francisco enfrenta o PM, que imediatamente aponta a arma na direção da vítima. 

    "Sabão" desfere várias pauladas contra o policial, até que outro PM, que estava sentando em uma mesa, se levanta e se envolve no caso.

    Com a arma em punho, o segundo policial tenta conter a discussão, mas também é agredido e desfere dois tiros contra José Francisco. 

    Veja o vídeo

    Vídeo mostra a ação | Autor: Divulgação
     

    Motivação 

    Conforme amigos da vítima, a discussão foi motivada após "Sabão" ter batido na moto do policial. O fato não aparece no vídeo, que a reportagem teve acesso.

    O marítimo Manoel Pereira informou que a vítima estava a caminho do porto de Eirunepé quando aconteceu o crime. "O 'Sabão' estava em uma bicicleta e no trajeto teria encostado na moto do policial. Que foi tirar satisfação e teria xingado e dado um tapa nele", disse o amigo da vítima. 

    A suspeita do marítimo é que a vítima teria tido um surto em decorrência dos problemas mentais que sofria. "O 'Sabão' não tinha o comportamento violento, ele tinha dificuldades intelectuais, mas nunca causou problemas. Talvez pela agressão que sofreu tenha tido um surto”, contou Manoel Pereira. 

    O socorro

    Após ser baleada, a vítima foi levada ao Hospital Regional de Eirunepé, ainda, na tarde de quarta-feira (4). Conforme os amigos, devido a unidade de saúde não apresentar equipamentos para uma cirurgia, Francisco José foi transferido na manhã de quinta (5), para a cidade de Cruzeiro do Sul, no Acre, porém morreu por volta das 20h30 de sexta-feira (6). 

    Os PMs

    De acordo com os amigos da vítima, os envolvidos na ação são os soldados André, que supostamente teria iniciado a discussão. E o soldado Clodoaldo, que foi o autor dos disparos.

    "Após três dias do caso, os dois não foram afastados e estão trabalhando normalmente", informou Pereira. 

    A corporação 

    A reportagem entrou em contato com a corporação da Polícia Militar de Eirunepé, porem o comandante não estava de serviço e ninguém deu esclarecimentos sobre o fato. 

    A equipe também solicitou informações da assessoria de impressa da PM, mas até a publicação desta matéria não havia obtido respostas. 

    Comentários