Fonte: OpenWeather

    Flagrante


    Estelionatário é preso por falsificar CNHs, RGs e cartões em Manaus

    O homem, segundo a polícia, tinha acesso a dados sigilosos de dois instituições do Governo do Amazonas, o que facilitava na aplicação dos golpes

    O homem foi preso por equipes da Derfv | Foto: Kennedson Paz/Em Tempo

    Manaus - Peter Kalil Andrade Costa, de 34 anos, foi apresentado, na manhã desta quarta-feira (18), após ser preso, na última terça (17), por envolvimento em falsificação de documentos, cartões de crédito e uso de dados sigilosos de organizações públicas do Amazonas, como a Secretária de Educação do Estado e o Departamento Estadual de Trânsito.

    Peter foi preso na própria residência, localizada na avenida Hilário Gurjão, no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus. Durante coletiva de imprensa, o delegado Cícero Túlio, titular da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), explicou que as investigações iniciaram há três semanas após a equipe policial encontrar documentos falsificados em veículos roubados, que foram apreendidos durante uma operação policial.

    “Prendemos uma dupla em poder de uma arma de fogo há, aproximadamente, duas semanas. Uma dessas pessoas estava utilizando documentação falsa [Carteira Nacional de Habilitação]. A partir das investigações promovidas com essa prisão, conseguimos chegar no Peter Kalil”, contou o delegado.

    A autoridade policial informou, ainda, que foram realizados monitoramentos e campanas [observações] durante esta semana. “Durante o trabalho da equipe, percebemos a movimentação intensa de pessoas com atividades suspeitas naquela região”, explicou Túlio.

    Ainda segundo o delegado, durante a operação foi realizada a revista pessoal em Peter e também na residência, onde foram encontradas dezenas de documentos falsificados, como Carteiras Nacional de Habilitação (CNHs), Certificados de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLVs), Registros Geral (RGs), cartões de crédito, além de um computador, com acesso a dados de duas organizações públicas, e impressoras - que eram utilizadas nas falsificações das cédulas.

    Delegado Cícero Túlio, titular da Derfv
    Delegado Cícero Túlio, titular da Derfv | Foto: Kennedson Paz/Em Tempo

    Em depoimento à polícia, o delegado disse que Peter relatou que utilizava produtos químicos para remover os dados originais dos documentos e, com isso, alterar por outros nomes e dados falsos. Com a facilidade de ter acesso aos dados de pessoas desconhecidas, por meio à consulta dos dados sigilosos nos órgãos públicos, o suspeito utilizava o recurso também para retirar cartões de crédito em instituições financeiras, usando os nomes de terceiro.

    Túlio destacou ainda que Peter Kalil já possuía passagem pela polícia por diversos crimes, incluindo um homicídio ocorrido em 2014. Na ocasião, a autoridade policial contou que Peter matou um vizinho a pauladas após uma discussão envolvendo um cachorro.

    Peter foi preso em flagrante por falsificação de documento público, receptação e falsidade ideológica. Ao termino dos procedimentos cabíveis na unidade policial, ele será encaminhado para audiência de custódia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, localizado no bairro São Francisco, Zona Sul de Manaus.

    Assista à reportagem da TV Em Tempo:

    Assista à reportagem | Autor: Samara Maciel/ TV Em Tempo
     


    Comentários