Fonte: OpenWeather

    Agressão


    Homem morre sete dias após ser agredido no Mauazinho

    Maicon da Silva Azevedo foi agredido por um grupo de homens não identificados no último sábado (21)

    Maicon era ex-presidiário e teria passado quatro anos preso por tráfico de drogas. Motivação do crime ainda é desconhecida
    Maicon era ex-presidiário e teria passado quatro anos preso por tráfico de drogas. Motivação do crime ainda é desconhecida | Foto: Divulgação

    Manaus - Maicon da Silva Azevedo, de  27 anos, morreu na madrugada deste sábado (28), após dar entrada no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na Zona Leste de Manaus, em decorrência de agressões físicas. Ele tinha passado quatro dias internado mas foi liberado e retornou ao local na noite de sexta-feira (27).

    Márcio da Silva, irmão da vítima, contou que Maicon foi agredido por volta das 23h do último sábado (21), por um grupo de homens desconhecidos em via pública no bairro Mauazinho, Zona Sul. 

    Na ocasião, Maicon  teve o tênis e o aparelho celular subtraído. Ele foi socorrido e conduzido ao hospital onde ficou ate quinta-feira (26), mas teve complicações médicas e retornou na sexta-feira (27), vindo a falecer na madrugada do dia seguinte.

    O irmão da vítima não soube informar a motivação do crime e disse que Maicon deu entrada no hospital com dois braços e uma perna fraturados. Ele disse ainda, que Maicon era ex-presidiário e teria passado quatro anos preso por tráfico de drogas.

    O corpo foi removido do hospital pelo Instituto Médico Legal (IML) e irá ser investigado pela Polícia Civil.  Maicon deixa 7 irmãos e não tinha filhos.

    Comentários