Fonte: OpenWeather

    Polícia


    Ao saber de assalto à procuradora, PC inicia investigação imediata

    Ao sair do prédio, foi abordada por um homem que anunciou o assalto e depois a atingiu com um disparo de arma no braço esquerdo

    A procuradora aposentada foi baleada dentro das dependências da Prefeitura por um infrator desconhecido | Foto: Divulgação

    Manaus - A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), iniciou as investigações sobre o roubo registrado na sexta-feira (24), em que uma procuradora aposentada foi baleada dentro das dependências da Prefeitura de Manaus, no bairro da Compensa, Zona Oeste.

    A segurança dentro do espaço é de responsabilidade da administração municipal, e cabe salientar que a Polícia Militar mantém, à disposição da Casa Militar da Prefeitura, dezenas de policiais militares.

    A PM informa que atendeu ao chamado pelo 190, e as equipes policiais da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) realizaram buscas pelo local, mas não conseguiram localizar nenhum suspeito.

    Por volta das 11h desta sexta-feira, a procuradora foi até à agência bancária que fica dentro da sede da Prefeitura. Ao sair do prédio, no momento em que estava se deslocando até o seu veículo, foi abordada por um homem que anunciou o assalto. A vítima foi atingida com um disparo de arma de fogo no braço esquerdo.

    O infrator e um comparsa, que o aguardava em uma motocicleta, fugiram levando a bolsa com os pertences da vítima e um valor em dinheiro não especificado. A polícia não descarta a possibilidade de um terceiro elemento estar envolvido no crime. O Samu prestou os primeiros socorros à procuradora e a conduziu até um hospital na zona centro-sul. O estado de saúde dela é estável.

    *Com informações de assessoria

    Comentários