Fonte: OpenWeather

    Estupros


    Preso homem que engravidou a própria filha de 12 anos em Manaus

    O homem engravidou a filha, que na época do crime tinha 12 anos. Ele estava foragido da Justiça e foi capturado no bairro Tarumã

    O maníaco foi capturado após investigação da equipe Tucandeira, do 26º DIP
    O maníaco foi capturado após investigação da equipe Tucandeira, do 26º DIP | Foto: Reprodução

    Manaus - Acusado de estuprar e engravidar a própria filha, que na época tinha 12 anos, um homem de 37 anos foi preso na tarde desta segunda-feira (30), no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus. O maníaco foi capturado, por volta das 17h, após investigação da equipe Tucandeira, do 26º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob a coordenação do delegado Heron Muneymne.  

    "O acusado tinha um processo por estupro de vulnerável contra a própria filha, ocorrido em 2018. Ele abusou da menina e a engravidou", informou a fonte. 

    O homem morava com a ex-esposa no bairro São José, na Zona Leste, quando abusou sexualmente da filha. Além da vítima, o suspeito tinha outros dois filhos com a ex-companheira. 

    O crime aconteceu no bairro São José
    O crime aconteceu no bairro São José | Foto: Divulgação

    "A mãe conta que a menina era aliciada desde os 6 anos. Quando a criança completou 12 anos, o suspeito cometeu o ato libidinoso e a engravidou. A gestação foi descoberta três meses depois do abuso, quando a mãe levou a vítima para uma consulta ginecológica", informou a fonte policial. 

    A mãe da criança fez a denúncia contra o ex-companheiro e ele já havia sido condenado a 35 anos de prisão, mas estava foragido da Justiça.

    "Atualmente, ele já tinha outra família e morava no bairro do Tarumã. Um verdadeiro monstro, que praticou um crime hediondo", explicou a fonte. 

    A fonte esclareceu, ainda, que a filha do acusado, atualmente com 14 anos, deu à luz ao bebê, que hoje tem um pouco mais de um ano de vida.

    O estuprador foi levado para o 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Mais detalhes sobre o caso devem ser apresentados em coletiva de imprensa marcada para esta terça-feira (31), na sede do 26ª DIP.

    Comentários