Fonte: OpenWeather

    Homicídio


    Microempresário baleado em Manaus morre após ficar 18 dias internado

    O crime aconteceu no dia 19 de março após ele marcar um encontro no Ramal do Brasileirinho, onde iria negociar a transferência de um carro

    O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML)
    O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) | Foto: Divulgação

    Manaus - O microempresário Luiz Fernando Maia Malheiros, de 21 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira (6), por volta das 2h30, após ficar 18 dias internado no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio. A vítima havia sido baleada no dia 19 de março deste ano, após marcar um encontro no Ramal do Brasileirinho, na Zona Leste de Manaus, com uma pessoa com o qual faria uma transferência veicular.

    Conforme a Polícia Civil do Amazonas, no dia 19 de março, Luiz e um homem de 24 anos saíram do município de Presidente Figueiredo (distante 117 quilômetros em linha reta da capital), com intuito de encontrar com um homem, ainda não identificado, para fechar a proposta de transferência de um carro, modelo Celta.

    No encontro, os rapazes foram surpreendidos por esse homem que entrou no carro portando uma pistola e uma faca. Ele ordenou que o condutor do carro dirigisse o veículo e, após alguns metros, efetuou um tiro no pescoço de Luiz Fernando. Após o ato, o rapaz de 24 anos continuou dirigindo e, ao entrarem em uma rua sem saída, recebeu ordem para voltar e empurrar Luiz para fora do carro. 

    A vítima acabou aproveitando um momento de descuido do suspeito e fugiu abandonando o carro. 

    Um Inquérito Policial (IP) foi instaurado e a investigação foi transferida para 30º DIP no mesmo dia do crime. 

    Comentários