Fonte: OpenWeather

    DERFV


    Dupla que clonava carros e planejou morte de empresário é presa no AM

    Com os suspeitos foram recuperados três carros e apreendidos várias ferramentas e instrumentos utilizados na adulteração dos veículos

    Suspeitos estavam sendo investigados pela DERFV
    Suspeitos estavam sendo investigados pela DERFV | Foto: Daniel Landazuri

    Manaus - Clauber Ferreira Magalhães, de 29 anos, conhecido como "Japonês", e Joel Martins Ramos, 28, foram presos na tarde da última quarta-feira (8). A dupla é apontada pela polícia como integrante de uma quadrilha especializada em clonagem de veículos e investigada por planejar a morte de um empresário, pois a vítima teria se negado a ajudar no esquema criminoso do bando.

    Conforme a Polícia Civil, Clauber foi preso na avenida Torquato Tapajós, com ele foram apreendidos várias ferramentas e instrumentos utilizados na adulteração dos veículos. Joel foi capturado na rua Doutor Adamor, no bairro Zumbi, Zona Leste, onde foram recuperados três carros, um Gol, de cor vermelha, um HB20, de cor branca, e um Polo Sedan, vermelho.

    Investigação

    Clauber estava sendo monitorado pela equipe da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), por envolvimento na extorsão a um dono de uma oficina mecânica, localizada no bairro Zumbi.

    O delegado Cícero Túlio, explicou que o empresário havia se negado a deixar a quadrilhar usar seu empreendimento para cometer as clonagens dos veículos. 

    "Durante o nosso levamento conseguimos constatar que o Clauber é o segundo homem na linha hierárquica de remarcações de carros no Amazonas. Cerca de 80% dos veículos roubados e furtados no estado passam pela mão dele e da quadrilha para serem clonados e revendidos", explicou o titular da DERFV. 

    Cúpula do crime

    Ainda conforme Cícero Túlio, Cleuber e Joel são liderados pelo ex-presidiário Jerson Rodrigues Ferreira, vulgo "Jelson", que já havia sido preso na operação Guilhotina, em julho de 2019. O chefe do bando também é apontado como um dos envolvidos na morte do advogado criminalista Armando de Oliveira Freitas, ocorrida em maio de 2018.

    "O 'Jelson' atualmente está em liberdade e já identificamos que ele continua atuando no ramo de clonagem de veículos. Também estamos a procura de outro suspeito identificado apenas como 'Ray', que faz parte do bando. Nossa equipe vai se empanhar ao máximo para tirar todos de circulação e diminuir os índices de roubos de carros no estado", concluiu o delegado. 

    Veja a entrevista com o titular da DERFV

    Comentários