Fonte: OpenWeather

    Revolta


    Vídeo: detentos pedem melhoria no presídio "vivemos que nem bicho"

    Segundo os detentos, há falta de comida e remédios na Unidade Prisional do Puraquequara

    Rebelião teve fim após cinco horas | Foto: Yasmin Feitosa

    Manaus - Na manhã deste sábado (2), detentos da Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), Zona Leste de Manaus, se revoltaram e fizeram reféns os agentes de segurança. Em vídeos gravados dentro do local e divulgados por um aplicativo de mensagens, os presos pedem melhorias na unidade. 

    O vídeo foi gravado por um interno, que com um tom 'revoltado', mostra as condições da unidade prisional e pede que algo seja feito. "Olha as condições desumanas que a gente está, não tem energia, não tem melhoria. Os caras [agentes de segurança] estão nos oprimindo, estamos vivendo que nem bicho", diz o detento.

    Ao fundo do vídeo, outros presos gritam e é possível ouvir alguns se referirem como "lixo" às condições dentro da unidade prisional. Outros internos, em um coro, berram diversas vezes: "queremos melhoria".

    O preso que gravou o vídeo continua a fala. "Ninguém vai morrer não, a única coisa que a gente quer é reivindicar nossos direitos. Os irmãos ficam doentes aqui e ninguém vem nos auxiliar, reclama o interno.

    Após cinco horas de rebelião, a Polícia Militar e outros integrantes da Secretaria de Segurança Pública anunciaram o fim do motim. As esquipes da SSP-AM estão no local e fazem o controle da situação. Familiares também se amontoaram na frente da unidade prisional, por medo que seus parentes internos pudessem ser mortos durante a revolta.

    Coronavírus

    Um outro detento começa a falar ao fundo do mesmo vídeo. Ele grita que não há alimento e remédio. "Tem irmãos morrendo aqui dentro. Proibiram as visitas, mas vêm os auxiliares [da unidade prisional] e traz a doença para cá para dentro". 

    Ele continua e diz que os prisioneiros estão oprimidos pelo sistema prisional. "Esse diretor, esse coronel que está aí [atual titular da SSP-AM] precisa sair. Essa secretaria [de Segurança Pública] precisa sair. Nós não aguentamos mais", finaliza o detento.

    Veja o vídeo

    Assista ao vídeo | Autor: Reprodução
     

    O portal EM TEMPO esteve ao vivo na Unidade do Puraquequara. Assista a live:

     

    Comentários