Fonte: OpenWeather

    TRANSFERÊNCIA


    Rafael Rodrigues deixa delegacia, em Manaus, rumo ao presídio

    Réu confesso do assassinato da miss Manicoré, Kimberly Mota, Rafael foi levado à Central de Recebimento e Triagem, na BR-174

    o analista judiciário saiu com a cabeça coberta e entrou direto na viatura | Foto: Suyanne Lima

    Manaus- O analista judiciário Rafael Fernandez Rodrigues, de 31 anos, réu confesso do assassinato da miss Manicoré, Kimberly Karen Mota, deixou o prédio da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) na tarde deste domingo (17), às 13h45. Ele foi levado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), no quilômetro oito da rodovia federal BR-174, onde passará por audiência de custódia via videoconferência.

    Por uma porta lateral, Rafael saiu com a cabeça coberta e entrou direto na viatura. O analista judiciário confessou em depoimento ter matado Kimberly, após ter visto mensagens indesejadas no celular da miss.

    Rafael chegou na noite de sábado (16) a Manaus e passou a noite prestando depoimento. Na manhã deste domingo (17), Rafael recebeu mantimentos e o almoço de uma equipe de advogados. Aos defensores, ele disse estar arrependido do crime. 

    Após a audiência de custódia, Rafael deve ser conduzido ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá ficar à disposição da Justiça.

    Comentários