Fonte: OpenWeather

    Homicídio


    PM prende homem que matou irmão a golpes de picareta em Manaus

    Em conversa com os PMs, Luan teria confessado o crime e relatou que matou o irmão por acerto de contas do tráfico de drogas, mas a versão deve ser investigada pela DEHS

    Suspeito foi capturado horas depois do crime, no bairro Zumbi
    Suspeito foi capturado horas depois do crime, no bairro Zumbi | Foto: Divulgação

    Manaus - Luan Ronaldo de Oliveira Andrade, de 22 anos, principal suspeito de matar a golpes de picareta o próprio irmão, foi preso, na noite desta sexta-feira (22), na rua Senhor do Bonfim, bairro Zumbi, Zona Leste de Manaus. 

    O suspeito foi capturado por policiais militares da  25ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que receberam uma denúncia, por meio do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), informando que Luan estava em via pública ameaçando pedestres. 

    "Verificamos que o suspeito estava transtornado e, possivelmente, sob efeito de entorpecentes", explicou um policial que participou da ocorrência. 

    Em conversa com os PMs, Luan - que é ex-presidiário - teria confessado o crime e relatou que matou o irmão por acerto de contas do tráfico de drogas. Ele foi conduzido para a Delegacia Especializada em Homicídio e Sequestros (DEHS), onde a versão apresentada pelo suspeito deve ser investigada.

    Segundo a polícia, Luan já tinha passagens pela polícia por roubo e tráfico de drogas.

    O caso 

    O corpo Emerson Mateus Oliveira, de 17 anos, foi encontrado na casa da família, na rua Japiim, do bairro Cidade de Deus, na Zona Norte de Manaus. 

    Testemunhas afirmam que o irmão estava drogado quando cometeu o crime e que havia surtado após ser repreendido por Emerson. De forma brutal, o adolescente foi atingido com vários golpes de picareta.

    Conforme moradores da área, Emerson era um adolescente estudioso, com um futuro promissor, além de ser querido por todos os moradores. Já o suspeito do crime é usuário de entorpecentes.

    Comentários