Fonte: OpenWeather

    Homicídio


    Vídeo: Taxista pode ter sido morto por engano no Centro de Manaus

    Um colega de profissão relatou à polícia que a vítima atuava na área central da cidade e era uma pessoa de boa índole. Ele levantou uma suspeita sobre a morte

    Veículo que a vítima trabalhava
    Veículo que a vítima trabalhava | Foto: Suyanne Lima

    Manaus - Um taxista, identificado apenas pelo apelido de "Jotinha", executado a tiros por volta das 19h desta terça-feira (9), no Centro de Manaus, pode ter sido morto por engano. Colegas de profissão estiveram no local do crime e informaram que acreditam que ele, que era considerado como uma pessoa de boa índole, foi confundido já que dividia o aluguel do carro com outro motorista, que roda no mesmo veículo durante o dia. 

    Um colega de profissão, que preferiu não se identificar, contou que "Jotinha" já atuava fazendo táxi lotação no Centro da cidade há algum tempo e era bem conhecido por ser cordial com as pessoas. 

    O sargento Ronilson da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) informou que as equipes foram acionadas enquanto estavam em patrulhamento de rotina  e fizeram o isolamento da área.

    "Conversamos com alguns amigos de conhecidos deles e, até agora, não há nada que comprometa a índole dele. Fizemos o nosso trabalho, pegamos algumas informações e estamos no aguardo das outras autoridades que darão prosseguimento no caso. Foram disparados, pelo menos, dois tiros que atingiram a região da cabeça dele. O crime tem características de execução", explicou o sargento.

    O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para a remoção do corpo e o caso será investigado pela DEHS.

    Veja a entrevista com o sargento da 24ª Cicom


    Comentários