Fonte: OpenWeather

    Santa Isabel do Rio Negro


    Polícia flagra jovens realizando 'rachas' em aeroporto do AM

    Adolescentes e adultos foram detidos após realizarem rachas na pista do aeroporto de Santa Isabel do Rio Negro, no Amazonas

    Delegacia de Santa Isabel do Rio Negro, Amazonas
    Delegacia de Santa Isabel do Rio Negro, Amazonas | Foto: Divulgação

    Santa Isabel do Rio Negro - O Delegado de Polícia Aldiney de Brito do 76° DIP, na cidade de Santa Isabel do Rio Negro, a 630 quilômetros de Manaus, informou que várias pessoas, entre menores e adultos, foram detidos e tiveram seus veículos recolhidos, no pátio da delegacia do município, no último domingo (5).

    A Informação é que essas pessoas estariam realizando "racha", disputa entre veículos automotores, de forma clandestina. 

    O delegado relatou aque por volta das 13 h de domingo, a polícia recebeu uma denúncia por meio de homens do Exército que fazem a segurança do aeroporto por conta da COVID 19, que várias pessoas estariam em motociclistas, realizando "racha". 

    A polícia deslocou-se até ao local e constatou o crime. O cabo da PM Pinheiro relatou ao delegado que minutos após recolher as motos, uma aeronave de pequeno porte pousou na pista e por pouco não aconteceu um acidente.

    Ainda segundo o delegado de Polícia, as pessoas prestaram depoimento e foram liberadas, mas irão responder processo na Justiça. "Nós conseguimos fazer um registro fotográfico, onde já identificamos tanto os adolescentes como os adultos. Fizemos apreensão das motocicletas e instauramos inquérito policial".

    Em relação aos adolescentes, foram instaurados procedimentos especiais, para apurar a prática de diversos crimes em ato infracional. "Nós identificamos crimes dentre aqueles previsto no artigo 308 a 310 no código penal como conduzir veículo auto motor sem habilitação. Também identificamos pessoas que entregaram os veículos a menores, para prática de crime por disputa de racha".

    Caso seja comprovada a ação de maiores de idade, eles irão responder pelos crimes previsto no artigo 261 do código penal, como expor a aviação em risco, com possibilidade de causar acidentes aéreos.

     A Polícia alerta para que os responsáveis não entreguem seus veículos para pessoas menores de idade e que não possuam habilitação. "É preciso que as pessoas tenham mais responsabilidade", conclui o delegado Brito.

    Leia mais:


    Comentários