Fonte: OpenWeather

    Explosivos


    Granada de facção é destruída, após criminosos confrontarem policiais

    Vídeo: O artefato foi desativado pelo grupo Marte e os infratores foram presos

    A identificação da bomba foi feita logo após ação policial que deteve quatro homens
    A identificação da bomba foi feita logo após ação policial que deteve quatro homens | Foto: Reprodução

    Manaus – O artefato explosivo encontrado em uma residência na rua Advento, bairro da Paz (Zona Oeste), foi destruído na tarde deste domingo (19), na capital amazonense. A granada foi desativada pelo grupo antibombas, Marte que retirarou o objeto do local, após, ser acionado pelos policiais da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam).

    A identificação da bomba foi feita logo após ação policial que deteve quatro homens acusados de serem homicidas e integrantes da facção Primeiro Comando da Capital (PCC). A ação da polícia começou por volta das 15h30, após os policiais receberem denúncias que os infratores estariam em um pequeno apartamento nas redondezas onde a bomba foi desativada. Ao chegarem no local, os agentes de segurança encontraram quatro homens e foram recebidos por tiros.

    O confronto resultou na morte de dois suspeitos que foram encaminhados para o Hospital 28 de Agosto, onde aguardam encaminhamento para o Instituto Médico Legal. Os outros dois indivíduos que, também, atiraram contra os policiais foram presos e estão na 19º Delegacia Interativa de Polícia (DIP) aguardando os procedimentos legais.

    De acordo com a polícia, a dupla estava em posse de pelo menos uma granada e armamentos pesados. Em vídeo, é possível ver o momento em que o artefato é destruído por policiais do Grupamento de Manejo de Artefatos Explosivos, o grupo Marte.

    Confira o vídeo:

    | Autor: Divulgação
     

    Leia Mais: 

    Em Manaus, depois de trocar tiros com bandidos, polícia encontra bomba

    Em Manaus, homem é agredido até a morte após invadir festa para roubar


    Comentários