Fonte: OpenWeather

    Drogas


    Jovem assassinado na Compensa tentou mudar de vida, diz irmã

    Leonadson teve envolvimento com o tráfico de drogas, mas durante um tempo frequentou a igreja e tentou mudar de vida

    Leonadson não tinha endereço fixo, mas ficava alternando as dormidas na casa de conhecidos
    Leonadson não tinha endereço fixo, mas ficava alternando as dormidas na casa de conhecidos | Foto: Divulgação

    Manaus - A morte de Leonadson da Silva Castro, 23, que foi executado com 14 tiros, pode ter sido motivada pelo crime de tráfico de drogas. A afirmação foi feita pela irmã dele que esteve na cena do crime na noite desta quarta-feira (19), no beco Gilberto Mestrinho, no bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus.

    A irmã dele contou que o Leonadson teve envolvimento com o tráfico de drogas, mas durante um tempo frequentou a igreja e tentou mudar de vida.

    "Infelizmente meu irmão é mais uma vítima da guerra do tráfico aqui no bairro Compensa. Muitas pessoas já morreram, inclusive inocentes. Não vou vir aqui dizer que meu irmão é inocente, mas essa foi a escolha dele. Ele deixa um filho de menos de um ano", relatou a irmã.

    Sonho

    Jovem de 23 anos tinha sonho de fazer sucesso com o funk
    Jovem de 23 anos tinha sonho de fazer sucesso com o funk | Foto: Divulgação

    Leonadson não tinha endereço fixo, mas ficava alternando as dormidas na casa de conhecidos. Ele também seria cantor de funk e sonhava com a fama com o mundo da música.

    "Minha mãe é cozinheira e trabalha viajando. Já o meu outro irmão é cabo do Exército. Eu não sei nem como vou dar essa notícia para eles. É muito triste ver que esse foi o fim dele", lamentou a irmã.

    O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e a perícia deve apontar a quantidade de tiros que atingiu a vítima.

    Leia Mais

    Jovem de 23 anos é executado a tiros no bairro Compensa

    Dois homens são baleados em ataque criminoso na Zona Norte

    Comentários