Fonte: OpenWeather

    Família busca por autor de crime


    Família de operário morto oferece recompensa para encontrar assassino

    As informações foram confirmadas com familiares da vítima, que querem o suspeito conhecido "Tapauá" atrás das grades

    A família busca informações sobre o suspeito
    A família busca informações sobre o suspeito | Foto: Reprodução

    Manaus - Familiares do industriário Marleno da Silva Ferreira, 32, morto a facadas no dia 16 deste mês, estão oferecendo uma recompensa para quem encontrar o principal suspeito de cometer o homicídio, que ocorreu no último domingo (16), no Campo do Vermelhão, bairro Redenção. A morte ocorreu durante uma discussão por causa de partida de futebol.

    Segundo um irmão do industriário, que não quis se identificar, as buscas começaram quando o suspeito foi visto próximo ao local do crime.

    "É uma iniciativa da nossa família mesmo, pois ele foi visto aqui próximo do campo, local que aconteceu o fato", explicou o irmão da vítima sobre a iniciativa.

    De acordo com informações, o suspeito identificado como Risonildo Amorim (vulgo Tapauá) foi apontado como principal suspeito de desferir as facadas contra o industriário. 

    "Até agora só sabemos que a polícia está investigando, mas ele ainda não foi encontrado. A gente acha que ele está sendo protegido pelos familiares dele", disse o parente da vítima. 

    Entenda o caso 

    Ferreira foi esfaqueado por volta das 17h do dia 16 de agosto (domingo), durante uma discussão em uma partida de futebol. Após o crime, a vítima foi encaminhada para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do bairro Redenção, mas acabou não resistindo aos ferimentos e morreu na unidade hospitalar. 

    Leia sobre o caso: Após briga em partida de futebol, homem é esfaqueado e morre em Manaus 

    A família apontou Tapauá como o principal suspeito, informando que durante a discussão, ele (suspeito) teria tomado a atitude de esfaquear o homem e fugir do local.

    O corpo de Ferreira foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

    Para informar sobre o paradeiro do suspeito, a polícia disponibiliza os contatos: 181 ou 190 e o linha direta da DEHS (92) 99229 6208

    Leia mais:

    Homem é baleado na mão após receber 'corretivo' de traficante em Manaus

    Em área vermelha da ZL, polícia prende homens com drogas e dinheiro 

    Justiça suspende operação policial da SSP no rio Abacaxis, no Amazonas

    Comentários