Fonte: OpenWeather

    Assassinato


    Mulher é morta com 19 facadas, após pedir medida protetiva contra o ex

    Em 2018, Vantuir foi responsável por agredi-la e assassinar a mãe da vítima. Veja o vídeo

     

    A mulher deixa dois filhos, de 2 e 13 anos. Após o crime, Vantuir fugiu, e a Polícia Civil agora tenta localizá-lo
    A mulher deixa dois filhos, de 2 e 13 anos. Após o crime, Vantuir fugiu, e a Polícia Civil agora tenta localizá-lo | Foto: Reprodução Internet

    Fabiana Lopes, de 38 anos, morreu com 19 facadas na última sexta-feira (5), após solicitar medidas protetivas contra o Vantuir da Silva, ex-companheiro da vítima.

    As primeiras agressões ocorreram há dois anos, na época ela estava grávida e resolveu terminar o relacionamento devido a constante violência.

    Veja o vídeo:

    O homem voltou para se vingar da ex-companheira | Autor: SBT - Primeiro Impacto
     

    Não aceitando a decisão, ele foi até a casa da sogra e, num momento em que Fabiana não estava, discutiu com a mulher e a matou asfixiada.

    Ele foi julgado pelo assassinato e permaneceu internado durante um ano em uma clínica de reabilitação, pois a a Justiça acatou o argumento de que ele era viciado em cocaína. Porém, em setembro de 2020, ele voltou a tentar reatar o relacionamento com Fabiana e não aceitou as novas recusas. 

    *Com informações do SBT

    Leia Mais:

    Casal executado na Zona Norte foi atingido com pelo menos 40 tiros

    Prestes a fugir, suspeito de matar amazonense a facadas em RR é preso

    Homem e adolescente são capturados com drogas e revólver em Fonte Boa

    Comentários