Fonte: OpenWeather

    TENTATIVA DE HOMICÍDIO


    Cabo da PM é baleado na cabeça em frigorífico de Manaus

    Antes de ser atingido, o PM ainda conversou com os atiradores, o que levantou a hipótese de o crime ter sido premeditado

    Frente do açougue onde crime ocorreu | Foto: Ana Gadelha

    Manaus – O cabo da Polícia Militar Rosenaldo Paz da Silva, de 38 anos, foi atingido com um tiro na cabeça enquanto trabalhava como segurança particular em um frigorífico na avenida Tancredo Neves, no bairro Parque Dez, zona Centro-Sul de Manaus, na noite deste sábado (24).

    O policial militar, que é lotado na 23ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), estava de folga no momento do crime. Informações preliminares apontam que o crime ocorreu em uma tentativa de assalto frustrada no estabelecimento comercial, mas testemunhas também afirmaram que a vítima e os dois criminosos chegaram a conversar antes de trocar tiros.

    Ambos os homens fugiram sem serem identificados após disparar contra Rosenaldo. Atingido na cabeça, ele recebeu os primeiros socorros pela própria população, antes de ser encaminhado para atendimento médico.

      “Eu estava na parada, quando ouvi uns quatro tiros. Quando corri para ver o que aconteceu, enxerguei o polícia jogado no chão, sangrando, e dois homens fugindo em uma motocicleta. Foi tudo muito rápido. Algumas pessoas que passavam pelo local, colocaram ele em um carro e levaram ele para um hospital”, disse uma testemunha que optou por não ser identificada.


    O cabo da PM foi levado ao Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, onde passou por cirurgia para retirada da bala. Apesar da gravidade dos ferimentos, o estado de saúde da vítima é estável.


    Premeditação

    Uma equipe da 23ª Cicom esteve no local e levantou a possibilidade de o crime ter sido premeditado. “Os dois homens realmente chegaram a falar alguma coisa com o policial, mas as testemunhas não conseguiram ouvir para explicar o teor da conversa".

    A arma da vítima estava com os funcionários do local e foi entregue à PM. Os policiais também recolheram imagens das câmeras de segurança na tentativa de encontrar os criminosos. A Polícia Civil deve investigar o caso.

    Leia mais:

    Advogado que agrediu ex-namorada é suspenso pela OAB-AM

    Polícia Federal apreende dinheiro falsificado no interior do RN

    Comentários