Fonte: OpenWeather

    Estupro de Vulnerável


    Homem que estuprou e matou criança de 5 anos morre em cadeia do AM

    Édino Miquilis foi encontrado morto dentro da unidade prisional de Parintins

     

    O homem foi encontrado sem vida dentro da cela onde estava detido, nesta sexta (18)
    O homem foi encontrado sem vida dentro da cela onde estava detido, nesta sexta (18) | Foto: Reprodução

    PARINTINS -  Um caso assustador em Parintins, a 369 quilômetros ao leste de Manaus, envolvendo abuso sexual infantil, assassinato de criança e morte do suspeito tem mobilizado as autoridades locais do município. 

    Édino Miquilis da Silva foi encontrado morto dentro da unidade prisional do município, nesta sexta-feira (18).  De acordo com as autoridades, na última segunda-feira (14), ele teria abusado sexualmente, assassinado e jogado o corpo de uma criança de 5 anos no rio.

    O suspeito confessou o crime à mãe da vítima, e afirmou que praticou o estupro e o homicídio sob o efeito de bebidas alcoólicas. O caso deixou os familiares e os moradores do município revoltados.

      Ainda segundo a polícia, o corpo da garota foi encontrado no rio somente na última terça-feira (15). O suspeito foi violentamente agredido por populares revoltados, e, em seguida, foi detido pela Polícia Militar, levado a uma unidade hospitalar e depois encaminhado à Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do município.  

    O homem deu entrada no sistema prisional de Parintins na quarta (16), apresentando uma série de escoriações pelo corpo. Já na quinta (17), o suspeito voltou a ser encaminhado ao hospital da cidade, após se queixar de dores intensas pelo corpo. Depois de receber atendimento médico, ele foi realocado da carceragem da unidade prisional.

    Entretanto, nas primeiras horas desta manhã (18), Édino foi encontrado sem vida dentro de sua cela. Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que as circunstâncias da morte do detento serão investigadas.

    Confira a nota da Seap na íntegra:

    A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informa que irá apurar as circunstâncias da morte do interno Édino Miquilis da Silva, encontrado sem vida dentro de sua cela na Unidade Prisional de Parintins, na manhã desta sexta-feira (18/06).

    O interno deu entrada no sistema prisional no dia 16 de junho, já apresentando escoriações e arranhões pelo corpo, conforme registrado no exame de corpo de delito. Após os procedimentos legais, o interno foi encaminhado para uma cela de isolamento.

    No dia 17 de junho, por volta das 19:50, o interno foi encaminhado para o Hospital Padre Colombo, queixando-se de dores intensas pelo corpo. Após o atendimento médico, o mesmo retornou para a unidade prisional na mesma noite, onde foi realocado em sua cela de origem.

    Durante procedimento realizado na manhã desta sexta-feira (18/06), agentes de ressocialização encontraram o interno já sem vida dentro de sua cela. A direção da Unidade Prisional de Parintins informa que todas as providências legais já estão em andamento através da Polícia Civil que instaurou um inquérito para apurar o caso.

    Leia mais 

    Corpo esquartejado é encontrado por crianças em cova rasa

    Autônomo é executado em via pública no Zumbi dos Palmares

    Homem é suspeito de esquartejar irmão gêmeo após discussão


    Comentários