Fonte: OpenWeather

    ELEIÇÕES 2018


    TV EM TEMPO abre rodadas de debates com candidatos ao governo do AM

    Programa AGORA trará candidatos ao governo do Amazonas em debates específicos, nos dias 24 e 28 de agosto, abordando segurança pública e emprego e renda. Debate geral acontecerá no dia 11 de setembro

    Reunião aconteceu na tarde desta terça-feira (14), na sede da TV Em Tempo
    Reunião aconteceu na tarde desta terça-feira (14), na sede da TV Em Tempo | Foto: Márcio Melo/EM TEMPO

    Manaus - Uma das principais funções da democracia para o cidadão é conhecer as propostas dos candidatos aos cargos majoritários, principalmente em áreas específicas, como a Saúde, a Educação e a Segurança. Pensando nisso, a TV Em Tempo, em parceria com o Portal Em Tempo e a Rádio Nativa, transmite, nos dias 24 e 28 de agosto, um debate exclusivo com os candidatos ao Governo do Amazonas.

    As regras para o debate foram definidas em reunião na sede da emissora, na tarde desta terça-feira (14), entre a diretoria e os advogados da emissora. Assessores de comunicação de cada candidato também fizeram parte do encontro. Apenas o representante do candidato à releição, Amazonino Mendes, não compareceu.

    O debate acontecerá no programa Agora, na TV Em Tempo, nos dois dias, a partir das 11h30 da manhã, no horário de Manaus. Mediado pela apresentadora do programa, Márcia Lasmar, o confronto terá dois temas, em específico: no dia 24 de agosto, os candidatos discutirão propostas para a segurança pública; já no dia 28, estarão em pauta propostas para a geração de emprego e renda no Amazonas.

    Leia também: Guia traz dicas para evitar desinformação e fake news nas eleições

    Dos seis postulantes à cadeira de governador no pleito de 2018, apenas cinco participarão dos dois debates do Agora, considerando a representatividade na Câmara dos Deputados: Amazonino Mendes (PDT), David Almeida (PSB), Nindberg Barbosa (PSOL), Omar Aziz (PSD), e Wilson Lima (PSC).

    A proposta de confronto entre os postulantes faz parte das inovações que a TV Em Tempo
    A proposta de confronto entre os postulantes faz parte das inovações que a TV Em Tempo | Foto: Márcio Melo


    Inovações

    A proposta de confronto entre os postulantes faz parte das inovações que a TV Em Tempo traz aos seus telespectadores, de acordo com o diretor da emissora, Khaled Hauache Jr.

    "Nós fazíamos, antes, uma rodada de entrevistas com cada candidato, onde abordávamos as propostas de cada um para áreas específicas, mas desta vez vamos fazer diferente. Teremos três debates, onde dois serão estes do programa Agora, e o terceiro será o debate grande, no dia 11 de setembro", afirmou o gestor.

    Diretor da TV EM TEMPO, Khaled Hauache Júnior, falou das inovações da emissora para as Eleições de 2018.
    Diretor da TV EM TEMPO, Khaled Hauache Júnior, falou das inovações da emissora para as Eleições de 2018. | Foto: Márcio Melo/EM TEMPO

    Segundo o diretor de Jornalismo da emissora, Ivan Nascimento, os dois temas a serem discutidos pelos candidatos têm a ver com os principais problemas que Manaus e o Amazonas enfrentam nos dias atuais.

    "Resolvemos colocar esses dois temas porque são problemas urgentes. A gente está vendo o caos que o Estado está passando, como fruto da violência e da falta de segurança. Existe também a crença de que se a pessoa tem emprego e tem renda, não precisa estar no crime, e só está no crime porque falta emprego", explica o jornalista.

    Nascimento, que também dirige o programa Agora, ainda destaca que esta é a primeira vez que um debate com os candidatos ao governo do Estado será transmitido no horário da manhã.

    "Nunca tínhamos feito isso, e nesse modelo de debate, os telespectadores e até os jornalistas, que fazem parte do Grupo Raman Neves de Comunicação, poderão fazer as suas perguntas para os candidatos", salienta.

    Regras do debate foram definidas em reunião conduzida pelo diretor de Jornalismo da emissora, Ivan Nascimento.
    Regras do debate foram definidas em reunião conduzida pelo diretor de Jornalismo da emissora, Ivan Nascimento. | Foto: Márcio Melo/EM TEMPO

    Regras

    Cada dia de debate terá 1h30, começando às 11h30 da manhã e terminando às 13h. No primeiro bloco, que terá 20 minutos, os candidatos terão, cada um, três minutos para falarem de suas propostas de governo sobre o tema que estará em evidência no programa.

    No segundo bloco, o candidato terá a oportunidade de, também no período de três minutos, responder a uma pergunta da produção do programa e dos demais jornalistas do Grupo Raman Neves de Comunicação. Já no terceiro, os postulantes terão a oportunidade de fazer perguntas um ao outro, mas apenas um por vez. Serão 30 segundos reservados às perguntas, três minutos para resposta, um minuto e meio para réplica e um minuto e meio para tréplica.

    O quarto e último bloco do programa será reservados para as considerações finais, que cada candidato deverá fazer em apenas dois minutos. As ordens de fala de cada candidato, em cada um dos blocos, sendo de perguntas ou respostas, serão definidas em sorteio, duas horas antes do debate, que será AO VIVO.

    A jornalista Jocilene Chagas considerou a iniciativa da emissora um "gol de placa".
    A jornalista Jocilene Chagas considerou a iniciativa da emissora um "gol de placa". | Foto: Márcio Melo/EM TEMPO

    Para a jornalista Jocilene Chagas, que representa o candidato e senador Omar Aziz, o novo formato de debates adotado pela emissora, é interessante, principalmente com os dois temas escolhidos.

    "É uma excelente iniciativa da TV Em Tempo, um gol de placa! A população quer saber as propostas específicas dos candidatos para os dois temas, e será uma excelente oportunidade para conhecê-los", ressaltou.

    Leia mais

    Wilson Lima e Carlos Almeida Filho oficializam candidatura ao Governo

    Alckmin quer usar inserções na TV para atacar Bolsonaro

    Em artigo, Lula diz que 'o tempo corre contra a democracia'

    Comentários