Fonte: OpenWeather

    ELEIÇÕES 2018


    'Hoje é um dia importante e decisivo para o AM', diz Wilson Lima

    O candidato do PSC votou na Escola Estadual Sant'Ana, no Aleixo

    Candidato deve acompanhar as votações da esposa e vice, e acompanhará a apuração junto com apoiadores | Foto: Janailton Falcão/EM TEMPO

    Manaus - “Treino é treino, jogo é jogo, pesquisa é pesquisa e voto é voto”. Foi assim que o candidato Wilson Lima (PSC) resumiu sua trajetória e crescimento nas pesquisas que antecederam o segundo turno, antes do seu voto na Escola Estadual Sant'Ana, no Aleixo, Zona Centro-Sul, na manhã deste domingo (28). Wilson disputa o governo do Amazonas com o atual governador e candidato à reeleição, Amazonino Mendes (PDT).

    Para o candidato, nunca o povo do Amazonas esteve tão perto de experimentar uma mudança radical na administração pública. “Hoje é um dia importante e decisivo para o povo do Amazonas. Fizemos uma campanha com a nossa verdade, e assim continuamos, com a convicção das coisas certas que fizemos. A vontade do povo é soberana”, afirmou.

    O candidato ainda declarou o seu voto no presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), e afirmou que não se adiantará em seus passos. “Eu não quero adiantar nada, e não quero falar de secretariado nesse momento. Vou acompanhar os votos da da minha esposa, e vou passar o restante do dia com a minha família. Depois vou acompanhar a apuração junto com os meus apoiadores. Acho que precisamos dar um passo de cada vez, viver um dia de cada vez", completou.

    O jornalista acompanhará, ainda nesta manhã, a votação do seu candidato a vice-governador, Carlos Alberto Almeida, e do deputado estadual Luiz Castro, que foi candidato a senador no pleito de 2018. Após as 17h, ele acompanhará as apurações na sede do Partido Social Cristão, no bairro Adrianópolis, também na Zona Centro-Sul.

    Intercorrências

    Mesmo com a grande concentração na Escola Estadual Sant'Ana, local de votação de Wilson Lima, a escola havia registrado, até 9h30 da manhã, nenhuma ocorrência eleitoral. "Não tivemos filas e nem problemas com urnas até o presente momento. As votações estão sendo rápidas, e acredito que seja porque como é segundo turno, são apenas dois votos que o eleitor precisa depositar", disse a coordenadora eleitoral da Sant'Ana, Elis Neves.

    Indecisão e futuro

    O operador de produção Ronaldo da Silva, de 42 anos, foi um dos votantes na escola da Zona Centro-Sul, e se mostrou indeciso quanto ao seu voto. "Não acompanhei a proposta de nenhum por falta de tempo e, por conta disso, não tenho voto ainda definido. Mas, mesmo assim, espero que o Brasil e o Amazonas melhorem, já que a gente tá vivendo uma crise bem ruim. Espero que quem ganhe faça uma melhora pelo Brasil", salientou.

    Leia mais:

    Votação já encerrada em países da Ásia e Oceania

    Treze estados e o DF têm eleição para governador

    Com país dividido, brasileiros vão às urnas escolher futuro presidente

    Comentários