Fonte: OpenWeather

    Encontro


    Bancada do AM volta a se reunir com Bolsonaro nesta semana

    Presidente tem dois encontros marcados nesta semana com parlamentares do Amazonas. Em ambos, o modelo Zona Franca de Manaus será o tema mais discutido

    Bolsonaro terá dois encontros com representantes do estado do Amazonas neste semana em Brasília | Foto: Agência Brasil

    Manaus - O Amazonas terá destaque na agenda do presidente Jair Bolsonaro (PSL) nesta semana, quando estão agendados dois encontros com representantes do Estado. Nesta terça-feira (9), às 8h30, quem se reúne com Bolsonaro é Alfredo Nascimento, presidente estadual do Partido da República (PR). Na quinta-feira (11), às 11h30, é a vez da bancada amazonense no Congresso Nacional conversar com o ex-capitão do Exército.

    No compromisso desta terça-feira (9), além de falar sobre a Reforma da Previdência e defender o modelo Zona Franca de Manaus, Alfredo promete, ainda, tratar sobre geração de emprego e a reabertura dos portos do interior do Amazonas. O ex-deputado federal adianta que vai garantir ao presidente Bolsonaro que o PR votará com o governo em todas as matérias que tragam desenvolvimento econômico e social. Alfredo diz que é consenso na sigla a necessidade da Reforma da Previdência, mas que “há discordância em alguns pontos da proposta apresentada pelo Executivo, como a idade mínima para trabalhadores rurais e o valor do Benefício de Prestação Continuada (BPC), que precisam ser alterados”.

    Este é o primeiro evento que Alfredo aparece oficialmente como presidente do partido depois de perder a eleição para o Senado, e mostra que mantém força na cúpula do PR, partido que tem a quarta maior bancada na Câmara dos Deputados. “Mesmo sem mandato estarei lutando pelos interesses do Amazonas como sempre fiz”, disse.

    O deputado federal Marcelo Ramos, único integrante do PR amazonense na Câmara Federal não irá participar da reunião. Na visão dele, o Partido da República tem que se posicionar independente do governo e da relação com a Reforma da Previdência.

    “Eu defendo que o PR feche questão e seja contra a qualquer mudança que na aposentadoria rural, dos professores e professoras, no sistema de capitalização e contra a reforma dos estados e municípios”, explicou. Nesta perspectiva, o parlamentar argumenta que cada município e Estado deveria avaliar a própria reforma dentro da autonomia dos entes federativos, determinado dentro da constituição.

    “Os três vão ouvir, mas será apenas uma decisão tomada pela bancada”, disse ao referir-se a Alfredo e o do líder do PR na Câmara dos Deputados, Wellington Roberto, e Jorginho Mello, líder do PR no Senado.

    Bancada amazonense

    Para a reunião de quinta, o único amazonense colega de partido de Bolsonaro, o deputado federal delegado Pablo (PSL), adianta que somente José Ricardo (PT) não deve comparecer. Para ele, a intenção do encontro é apresentar pautas importantes como obras de infraestrutura e desenvolvimento para o Estado. Pablo aproveitará para tratar da vinda do presidente a Manaus, que segundo segue sem data definida. “Não há nada programado na agenda dele para vir a Manaus no dia 9 . Pode haver uma possibilidade de vinda para o dia 12, mas nada confirmado”, informou.

    Bosco Saraiva (Solidariedade) explica que a pauta da reunião com o presidente será definida na quarta-feira (10), na reunião da bancada amazonense, sob comando do senador Omar Aziz (PSD). O deputado estadual Sidney Leite (PSD) preferiu não revelar as pautas que irá apresentar.

    A reportagem encontrou em contato com Alberto Neto (PRB), José Ricardo (PT), Atila Lins (PP), Silas Câmara (PRB), para saber quais assuntos irão levar ao presidente, mas não obteve resposta até o fechamento desta edição.

    Leia mais:

    Bolsonaro adia a vinda a Manaus por conta de agenda política

    Bolsonaro sanciona lei do novo Cadastro Positivo

    Bolsonaro demite ministro da educação e nomeia Abraham Weintraub

    Comentários