Fonte: OpenWeather

    Zona Franca de Manaus


    Josué Neto diz que Plano Dubai para Amazônia era 'pavulagem'

    O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto (PSD), repudiou nesta quinta-feira (4) o que chamou de “pavulagem”, “brincadeira” e “desrespeito” com o Amazonas a confirmação de que não existe o chamado ‘Plano Dubai’, anunciado pelo Governo Federal para substituir o modelo Zona Franca de Manaus (ZFM).

    “O Plano Dubai é uma pavulagem. Passou na cabeça de alguém e inventaram até o nome. Fica meu registro, meu repúdio a essa brincadeira que foi feita a todos nós do Amazonas”, declarou Josué Neto
    “O Plano Dubai é uma pavulagem. Passou na cabeça de alguém e inventaram até o nome. Fica meu registro, meu repúdio a essa brincadeira que foi feita a todos nós do Amazonas”, declarou Josué Neto | Foto: Divulgação

    Manaus - O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto (PSD), repudiou nesta quinta-feira (4) o que chamou de “pavulagem”, “brincadeira” e “desrespeito” com o Amazonas a confirmação de que não existe o chamado ‘Plano Dubai’, anunciado pelo Governo Federal para substituir o modelo Zona Franca de Manaus (ZFM). O presidente Josué Neto já havia feito o alerta na Tribuna da Assembleia, no último dia 18 de junho, quando disse que o “Plano Dubai é uma pavulagem”.

    “Meus amigos até brincam comigo e me chamam de Netinho Dináh, porque costumo fazer premonições. No último dia 18 de junho, quando eu disse que se esse plano tivesse nascido em Parintins seria chamado de pavulagem. Não fiquei surpreso com as palavras do secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec) do Ministério da Economia, Carlos Alexandre da Costa, que afirmou que o chamado Plano Dubai não existe”, disse.

    “O Plano Dubai é uma pavulagem. Passou na cabeça de alguém e inventaram até o nome. Fica meu registro, meu repúdio a essa brincadeira que foi feita a todos nós do Amazonas”, declarou ele em outro momento do discurso.

    Para o presidente da Aleam, a demora do Governo Federal em desmentir a informação da existência do tal Plano Dubai é um desrespeito com o modelo Zona Franca de Manaus. “O Governo Federal não teve o trabalho de desmentir e ficamos tratando sobre o Plano Dubai, que não existe, que é uma pavulagem e uma falta de respeito com a ZFM.

    Josué Neto lembrou que o presidente Bolsonaro esteve no encontro do G20 onde ele foi enquadrado pelo presidente da França (Emmanuel Macron) pra que defenda a Amazônia. "Que bom que o Macron falou isso. Porque não há como defender a Amazônia que não seja fortalecendo a Zona Franca. Porque o Amazonas é o Estado que mais preservou a Amazônia”, declarou Josué Neto.

    Comentários