Fonte: OpenWeather

    Declaração


    Wilson Lima diz que visita de Bolsonaro será positiva para o Amazonas

    Bolsonaro participará, na próxima quinta-feira (25), da reunião do CAS na Suframa

    Wilson espera que projetos sejam aprovados durante a visita de Bolsonaro | Foto: Diego Peres/Secom

    Manaus - O governador do Amazonas, Wilson Lima, afirmou nesta terça-feira (23) que a visita do presidente Jair Bolsonaro, na próxima quinta-feira (25) a Manaus, vai possibilitar que projetos importantes sejam discutidos e aprovados. A afirmação foi dada durante a visita do governador às obras do Anel Viário Sul, na Zona Norte.

    Durante a coletiva de imprensa, Wilson Lima afirmou que durante a reunião do Conselho de Administração da Suframa (CAS) vai falar ao governo federal sobre a importância da Zona Franca de Manaus.

    "Pronunciamentos de ministros ou de alguma autoridade do executivo ameaçando a Zona Franca de Manaus causa problemas de investimentos. O mercado é muito sensível e a empresa que estaria pensando em investir no Amazonas vai pensar duas vezes", disse o governador.

    A declaração foi feita durante a visita do governador às obras do Anel Viário Sul
    A declaração foi feita durante a visita do governador às obras do Anel Viário Sul | Foto: Izaías Godinho

    Na ocasião, Wilson Lima também frisou sobre a inclusão do Estado em relação às discussões acerca da reforma tributária e afirmou que montou um grupo de trabalho que integra a Secretaria de Fazenda , Secretaria do Planejamento, além de parlamentares para apresentar uma proposta relacionada a reforma.

    “Desejamos que o governo federal, ao discutir reformas tributárias inclua o Amazonas. Temos uma proposta pronta para apresentar sobre a reforma tributária. Esperamos que as novas medidas não afetem o Pólo Industrial de Manaus (PIM)", afirmou.

    Em relação às paralisações dos servidores do Estado, o governador declarou que não foi informado sobre as greves. “Com relação às paralisações, existe um rito para que isso aconteça. Até o momento, o governo do Estado não foi comunicado. E nenhuma informação legal foi dada à justiça", salientou Wilson.

    Leia mais: 

    Wilson Lima debate parceria comercial e industrial com o Peru

    Governo contrata ONG para auxiliar reforma administrativa no AM

    Apoiadores de Bolsonaro organizam manifestação em Manaus

    Comentários