Fonte: OpenWeather

    Notas de Contexto


    Coronavírus: Aleam restringe viagens de deputados e servidores

    Os deputados que possuem bases no interior confessam preocupação com a medida. Veja esta e outras notas políticas da coluna Contexto do Jornal EM TEMPO

    Assembleia Legislativa do Amazonas | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Além dos 24 deputados da Casa, em torno de 600 servidores ativos e inativos da Assembleia Legislativa (Aleam), não poderão se deslocar para o interior do Estado enquanto durar o surto de coronavírus no País. A determinação faz parte de um pacote de medidas divulgadas pelo deputado-presidente Josué Neto (sem partido) com o objetivo de contribuir com a campanha nacional de prevenção ao Covid-19.

    “Será muito constrangedor um deputado, ou um servidor, estar com o vírus incubado e levá-lo para o interior”, afirmou Josué à imprensa, assegurando que as incursões dos parlamentares às suas bases eleitorais situadas nos municípios serão restritas a partir deste período em que o coronavírus ameaça o Estado.

    Os deputados que possuem bases no interior confessam preocupação com a medida em virtude da proximidade das convenções partidárias em diversas calhas de rios.

    Rigor na CMM

    A exemplo da Assembleia Legislativa, a Câmara Municipal de Manaus também adotou uma série de medidas para enfrentar a onda de coronavírus.

    De acordo com as normas, as atividades plenárias prosseguirão às segundas, terças e quartas-feiras, sem a presença de público e com a ação limitada de assessores junto aos parlamentares.

    Rigorosamente, todas as demais atividades coletivas da Casa estão suspensas, e a presença de idosos acima de 60 anos no ambiente de trabalho é facultativa.

    TCE-AM também muda

    O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) também decidiu adotar normas semelhantes às da Aleam e da CMM em relação ao funcionamento das suas sessões plenárias e à sua burocracia administrativa.

    As atividades plenárias ocorrerão somente com as presenças dos conselheiros e poucos assessores, enquanto os servidores poderão cumprir suas funções administrativas a partir de suas residências, usando celular e internet. 

    PP e PL trocam figurinhas

    Fontes da coluna informam que o PP e o PL estão prestes a fechar uma aliança para encarar o pleito majoritário deste ano em Itacoatiara, um colégio de 67.219 votos, o maior do Estado depois de Manaus.

    As cúpulas das duas agremiações podem acertar, a qualquer momento, a formação de uma chapa que seria encabeçada pelo deputado estadual Cabo Maciel, com o vereador João Bosco Rodrigues na vice.

    “Presidente irresponsável”

    Para o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), nem o avanço o coronavírus conteve a imprudência do presidente Jair Bolsonaro ao apertar as mãos de 70 pessoas durante manifestação pública, no último domingo, mesmo suspeito de ter contraído o vírus.

    Disse Maia no Twitter: “O presidente da República ignora e desautoriza o seu ministro da Saúde e os técnicos do ministério, fazendo pouco caso da pandemia e encorajando as pessoas a sair às ruas. Isso é um atentado à saúde pública, que contraria as orientações do próprio governo”.

    O deputado federal Marcelo Ramos (PL) usou as redes sociais para chamar Bolsonaro de “presidente irresponsável” ao incentivar as manifestações hostis ao Congresso e ao Supremo Tribunal Federal.

    “Impeachment” 

    Interpelado pelo Jornal Valor Econômico sobre a possibilidade de impeachment devido ao comportamento do presidente em relação ao cargo que ocupa, Rodrigo Maia respondeu: “Às vezes, me dá a impressão que o governo quer isso. Nós não seremos responsáveis por isso”.

    Voos suspensos

    Por causa do coronavírus,  a Azul Linhas Aéreas seguiu o exemplo da American Airlines e suspendeu seus voos no Brasil.

    A empresa reduziu sua capacidade consolidada de 20% a 25% no mês de março, e fará o mesmo entre 35% a 50% em abril e nos meses seguintes se o vírus continuar ativo.

    Geraldo Bernardino

    Profissional dos mais respeitados por seu profundo conhecimento da engenharia de pesca,  Geraldo Bernardino não resistiu a uma parada cardíaca fulminante que ceifou sua vida na madrugada de ontem.

    O desencarne surpreendeu muitos que não sabiam dos problemas de saúde que acometiam Bernardino, que tinha uma cirurgia de transplante de rim marcada para realizar em Fortaleza.

    Roberto Jefferson virá

    O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, virá a Manaus abonar a ficha de filiação ao partido do vice-governador Carlos Almeida no dia 9 de abril.

    As bases do partido estão agitadas e prometem uma grande festa para coemorar a filiação de Almeida, a ponto de não descartarem sua candidatura a Prefeitura de Manaus se o TSE decidir estender o prazo limite de 4 de abril para os pretendentes a cargos majoritários nas eleições deste ano.

    As especulações de que o prazo pode chegar a 13 de abril estão no ar.

    Desabastecimento

    Em vários estados, os governadores estão preocupados com a possibilidade de desabastecimento por conta da pandemia de coronavírus.

    Ontem, o governador de São Paulo, João Dória, reuniu secretários e representantes de inúmeras entidades para debater medidas acerca da questão.

    No Rio Grande do Sul, o governo descarta, por enquanto, a ameaça.

    Festival ameaçado

    A suspensão de voos e a proibição de eventos envolvendo grandes concentrações devido ao coronavírus já ensejam especulações sobre a não realização do Festival Folclórico de Parintins este ano.

    As diretorias de Garantido e Caprichoso não gostam sequer de aventar a possibilidade em razão do alto investimento que fazem visando o evento de junho.

    Os dirigentes torcem para que, até lá, o vírus tenha perdido força e a pandemia tenha sido contida.

    Na China, foram registrados mais quatro casos classificados como “internos” e doze provocados por estrangeiros em visita ao país asiático.

    Baixa no Podemos

    Por discordar das regras que definirão a escolha dos candidatos do partido para as eleições municipais 2020, o vereador Wallace Oliveira deixou ontem o Podemos.

    Também peso na decisão do parlamentar a decisão do partido de não admitir aliança com os partidos PSC, do governador Wilson Lima, e PRTB, do vice-governador Carlos Almeida.  

    Ainda na marca fatal

    Acusados de manipulação de candidaturas femininas em 2016, os vereadores do antigo PR Mirtes Salles, Edson Bentes (Sargento Bentes Papinha), Fred Mota e Cláudio Proença foram inocentados ontem pelo TRE-AM.

    Contudo,  eles  continuam na marca do pênalty. Na próxima sexta-feira (20), a Corte Eleitoral voltará a se reunir para julgar a Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime) envolvendo os vereadores.

    A deputada estadual Joana Darc, vereadora em 2016, está arrolada na Aime.

    Comentários