Fonte: OpenWeather

    Cesta básica


    Projeto pode reduzir preço do gás de cozinha e itens da cesta básica

    Caso aprovado, produtos podem ter o preço reduzido por até 12 meses

     

    O Projeto de Lei segue em processo de tramitação na Assembleia Legislativa do Amazonas
    O Projeto de Lei segue em processo de tramitação na Assembleia Legislativa do Amazonas | Foto: Divulgação

    Manaus - A deputada estadual Joana Darc (PL), protocolou esta semana um Projeto de Lei (PL) que determina a isenção do ICMS sobre o Gás Liquefeito e produtos que compõem a cesta básica durante o período de até 12 meses.

    A medida tem o objetivo de reduzir os custos de itens essenciais para o consumo humano, levando em consideração que em virtude da pandemia causada pelo novo Coronavírus, muitos cidadãos tiveram queda ou perca total de renda e estão encontrando dificuldade em sustentar suas famílias.

    “Através deste Projeto de Lei, estou apresentando uma maneira que vai complementar a frente de combate a proliferação da Covid-19. Muitas famílias estão com a renda prejudicada, e os itens alimentícios só aumentando o valor, e isso não é certo, em um momento tão difícil que passamos. É importante que o cidadão possa manter-se em casa e sustentar sua família adquirindo produtos básicos mais baratos”, justificou a parlamentar.

     

    Gás de cozinha é um dos itens que mais preocupa
    Gás de cozinha é um dos itens que mais preocupa | Foto: Divulgação

    Conforme o PL, os seguintes itens serão afetados com a isenção do Imposto: gás liquefeito de petróleo destinado à cocção de alimentos, conhecido como gás de cozinha. Itens da cesta básica como leite fluido pasteurizado ou industrializado, na forma de ultrapasteurizado, leite em pó, integral, semidesnatado ou desnatado, leite fermentado, bebidas e compostos lácteos e fórmulas infantis. Massas alimentícias, café, açúcar, óleo de soja, manteiga e margarina. Além de produtos de origem animal como carnes bovina, suína, ovina, caprina e de aves e peixes.

    O Projeto de Lei segue em processo de tramitação na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) para ser votado e se aprovado será encaminhado para sansão governamental.

    Veja mais:

    Deputada propõe a implementação imediata do auxílio emergencial

    Deputados defendem vacinação de PCDs como prioridade no Amazonas

    Deputada destina salário de janeiro para compra de oxigênio em Manaus

    Comentários