Fonte: OpenWeather

    Notas da Contexto


    Vale tudo por vaga na Assembleia Legislativa

    Uma disputa surda acontece nos corredores do TRE/AM, entre o deputado estadual eleito Saulo Viana e seu suplente o ex-secretário de Segurança, Amadeu Soares

    Os dois contam com a força de padrinhos para ficar com a vaga e pagar o favor na eleição para a presidência da Assembleia Legislativa
    Os dois contam com a força de padrinhos para ficar com a vaga e pagar o favor na eleição para a presidência da Assembleia Legislativa | Foto: Malika

    Manaus - Uma disputa surda acontece nos corredores do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AM), entre o deputado estadual eleito Saulo Viana e o suplente dele, o ex-secretário de Segurança Amadeu Soares, ambos do PPS.

    Os dois contam com a força de padrinhos para ficar com a vaga e pagar o favor na eleição para a presidência da Assembleia Legislativa, que acontece logo no início dos trabalhos legislativos em fevereiro

    Fiel da balança

    Saulo Viana, que foi preso pela Polícia Federal em 7 de dezembro sob a acusação de ter cometido crimes eleitorais, é dado como voto certo na candidatura do deputado Josué Neto (PSD). Se Amadeu conseguir escantear Saulo e assumir o mandato no lugar dele, o voto do PPS vai para Belarmino Lins (PP). De qualquer maneira, quem assumir essa vaga será uma espécie de fiel da balança na eleição na Aleam

    Balanço

    Na biqueira de assumir a Secretaria de Estado da Educação e Qualidade de Ensino, o deputado Luiz Castro (Rede)

    publicou um balanço de seus anos na Casa Legislativa. Segundo ele, foram de 200 projetos apresentados e 67 aprovados. “Todos em beneficio à população e às causas coletivas”, escreveu Castro

    Reforma na Câmara 

    O Regimento Interno da Câmara Municipal de Manaus será reformado assim que reiniciarem os trabalhos legislativos na Casa. A garantia é do presidente Joelson Silva (PSDB), que pretende eliminar do atual texto artigos e itens que causam dúvidas de interpretações, gerando confusão entre os colegas

    PIS/PASEP

    E a Caixa Econômica começou a pagar ontem o lote do abono salarial do PIS/PASEP, referente ao ano de 2017, aos trabalhadores nascidos nos meses de janeiro e fevereiro. Os servidores públicos recebem pelo Banco do Brasil.

    Zona Franca

    O jornal Folha de São Paulo, na edição de ontem, cravou que a lei prorrogando por cinco anos o desconto de 75% no Imposto de Renda devido por empresas sediadas nas áreas de influência das Superintendências de Desenvolvimento da Amazonia (Sudam) e do Nordeste (Sudene) vai virar letra morta muito rapidamente.

    Zona desprotegida

    Segundo a Folha, o ministro do Tribunal de Contas da União, Bruno Dantas, vai questionar a legalidade da lei. alegando que a União desrespeita a Lei de Responsabilidade Fiscal ao conceder esse desconto no IR das empresas.

    Zona descartada

    Essa jogada ensaiada entre o governo Bolsonaro e o TCU tem a assinatura do ministro da Economia, Paulo Guedes, que, em encontro com o governador Wilson Lima (PSC), sinalizou que concessão de incentivos fiscais não é muito a área dele, que prefere livre mercado.

    Financiamento

    A Agência de Fomento do Estado do Amazonas (AFEAM) abrirá, na próxima segunda-feira, a temporada de concessão de empréstimos a empreendedores regionais. A agência informa que tem disponível R$ 110 milhões para serem investidos em atividades de todos os setores da economia amazonense.

    Pequenos

    A linha de crédido mais acessada vai oferecer até R$ 20 mil a trabalhadores autônomos e de serviços de transportes. São R$ 35 milhões para garantir a oferta de microcrédito em Manaus.

    Meio-ambiente

    E segue a todo vapor a extração ilegal de madeira da Terra Indígena Tenharim, na região do igarapé Preto, município de Novo Aripuanã. O crime ambiental volta a acontecer pouco tempo após a realização de uma grande apreensão feita durante fiscalização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). A TI Tenharim fica localizada dentro do Parque Nacional dos Campos Amazônicos, na região sul do Estado.

    Inovação na gestão

    Novo governo, novas atitudes.

    Pela primeira vez, um grupo político eleito promoverá um workshop de administração pública para os gestores. O evento será no próximo sábado (19) e terá a participação do governador Wilson Lima (PSC), que abrirá os trabalhos.

    Escopo

    O workshop, organizado pela Sead e a Controladoria Geral do Estado (CGE), tem o objetivo de aprofundar conhecimentos sobre gestão pública, com destaque para Lei de Responsabilidade Fiscal, Orçamento Público, Fiscalização de Contratos e Sistema de Registro de Preços

    O evento será o auditório da Secretaria de Estado de Administração (Sead), das 8h às 12.

    Novo tempo

    A reunião marca o início do processo de modernização administrativa anunciado pelo governador assim que assumiu o Executivo, o que prevê a realização de uma série de capacitações voltadas à eficiência e à melhoria da qualidade dos serviços públicos

    Parceria renovada

    O governo do Estado renovou com o 12º batalhão de Suprimento do Comando Militar da Amazônia (CMA) o contrato de comodato para a utilização de 70 fuzis 762 FAL, de uso exclusivo do Exército.

    Armamento garantido

    As armas serão usadas pelo efetivo de tropas especializadas, como a Companhia de Operações Especiais (COE), Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) e Choque, da Polícia Militar, além do Grupo Fera, da Polícia Civil.

    As armas também serão empregadas em Tabatinga, na tríplice fronteira.

    Você gosta das Notas da Contexto? Então leia mais:

    'Eu não tenho que ficar trocando tiro com bandido', diz Arthur Neto

    Sem reforma, nem Jesus na goiabeira salva!

    Meu secretariado está à disposição das prefeituras do AM, diz Wilson

    Comentários