Fonte: OpenWeather

    Passeata no AM


    Manifestação em apoio a Moro e Bolsonaro é tímida em Manaus

    Com o número abaixo do esperado, as manifestações foram divididas em duas áreas da cidade. Entre as defesas dos manifestantes está a operação Lava-jato, o voto impresso, a escola sem partido, a reforma da previdência e as reformas políticas e tributárias

     

    A manifestação seguiu tímida e com poucos participantes
    A manifestação seguiu tímida e com poucos participantes | Foto: Bruna Oliveira

    Manaus- A passeata a favor do presidente Jair Bolsonaro e o ministro da justiça Sérgio Moro programada para este domingo (30), em Manaus, teve início às 15h na avenida Eduardo Ribeiro e prosseguiu de forma tímida. 

    O organizador do movimento Direita Amazonas e também da passeata, Anderson Rodrigues (28)  comentou sobre a importância do manifesto na cidade de Manaus e por todo o Brasil em apoio aos representantes.

    Manifestantes participaram com roupas das cores verde e amarelo
    Manifestantes participaram com roupas das cores verde e amarelo | Foto: Bruna Oliveira

    "Temos três pautas importantes, o pacote anti-crime do ministro Sérgio Moro e a sua figura devido aos ataques que ele vem sofrendo nas últimas semanas, como também a nova previdência que precisa passar e para isso tem a votação, há muitos entraves. A oposição está dificultando os trabalhos."

    Os organizadores revelam que, por conta de eventos regionais na mesma data, como o Festival folclórico de Parintins, já esperavam que o número de participantes na manifestação seria reduzido e por isso ficou dividido em duas áreas estratégicas da cidade. A primeira na avenida Eduardo Ribeiro em direção a avenida Djalma Batista e a segunda na Praia da Ponta Negra, onde ocorreram as manifestações anteriores de apoio ao presidente.

    "Dividimos as manifestações pela conveniência dos participantes. A opção de participarem conosco ou irem para a Ponta Negra ficaria a critério de todos. O importante é irmos para a rua e demonstrar o apoio necessário aos nossos representantes.", enfatizou o organizador.

    Os manifestantes demonstram apoio ao ministro Sérgio Moro e o presidente Jair Bolsonaro
    Os manifestantes demonstram apoio ao ministro Sérgio Moro e o presidente Jair Bolsonaro | Foto: Bruna Oliveira

    A passeata que partiu da avenida Eduardo Ribeiro seguiu com um trio elétrico e poucos manifestantes à pé. A maioria dos apoiadores seguiu em veículos particulares. "Foi de forma espontânea. Programamos o trajeto à pé, mas o importante é a manifestação de todos. Apoiamos todos os projetos que vem em benefício para a sociedade nós abraçamos, nós estaremos nas ruas para defender os nossos direitos.", disse o responsável pela organização.

    Acompanhando um trio elétrico a passeata seguiu em direção à avenida Djalma Batista
    Acompanhando um trio elétrico a passeata seguiu em direção à avenida Djalma Batista | Foto: Bruna Oliveira

    Defesas

    Entre as defesas dos manifestantes está a operação Lava-jato, o voto impresso, a escola sem partido, a nova reforma da previdência e as reformas políticas e tributárias. Todas as medidas citadas fizeram parte da campanha para a presidência de Jair Bolsonaro.

    Na praia da Ponta Negra, a manifestação foi marcada com orações, a execução do hino nacional brasileiro e palavras de manifesto com participantes vestidos com roupas em verde e amarelo.

    Manifestações no Brasil

    Até por volta de 19h30, 88 cidades dos 26 estados e do Distrito Federal tinham registrado atos em poio  ao governo. Manifestantes usavam roupas com cores da bandeira do Brasil e levavam faixas com frases de apoio ao projeto anticrime de Moro e de pautas defendidas por Bolsonaro. 

    Sérgio Moro se manifestou em uma rede social na tarde deste domingo: "Eu vejo, eu ouço, eu agradeço. Sempre agi com correção como juiz e agora como Ministro. Aceitei o convite para o MJSP para consolidar os avanços anticorrupção e combater o crime organizado e os crimes violentos. Essa é a missão. Muito a fazer", escreveu Moro.

    Jair Bolsonaro também comentou os atos em rede social: "Aos que foram às ruas hoje manifestar seus anseios, parabéns mais uma vez pela civilidade. A população brasileira mostrou novamente que tem legitimidade, consciência e responsabilidade para estar incluída cada vez mais nas decisões políticas do nosso Brasil", escreveu Bolsonaro.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!:

    Cidades pelo país têm manifesto em apoio à Moro

    Reunião entre Bolsonaro e presidente francês é cancelada


    Comentários