Fonte: OpenWeather

    Reforma da Previdência


    Reforma da Previdência é aprovada em 1º turno na Câmara com 379 votos

    Agora os deputados vão discutir os destaques do texto

    O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que a Câmara vai conseguir votar o projeto em dois turnos ainda esta semana | Foto: Estadão Conteúdo

    Após sessão que terminou na última madrugada, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (10), em primeiro turno, a reforma da Previdência. Foram 379 votos em favor do texto-base da reforma. O último levantamento realizado pelo jornal O Estado de S. Paulo apontava que o governo teria 314 votos favoráveis.

    Os deputados discutem agora os destaques ao texto.  Após as discussões dos destaques, a Câmara deve fazer a votação em segundo turno, novamente com a necessidade de 308 votos a favor, ou seja, três quintos dos 513 deputados.

    Pelo regimento, são necessárias cinco sessões entre as duas votações, mas já houve precedentes em que esse prazo foi eliminado por acordo de lideranças. Também podem ser apresentados destaques nessa fase.

    O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que a Câmara vai conseguir votar o projeto em dois turnos ainda esta semana.

    Votação no Senado

    Depois de aprovada na Câmara em segundo turno, a proposta será encaminhada ao Senado. O primeiro passo é a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), onde será avaliada a constitucionalidade da reforma, mas não seu mérito.

    Após essa fase e ao contrário da Câmara, a reforma da Previdência não vai passar por uma Comissão Especial no Senado. Se aprovada na CCJ, ela irá direto para a votação em plenário, onde precisa ser aprovada em dois turnos com os votos de três quintos 

    Leia Mais 

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Bolsonaro diz que indicará evangélico para Supremo Tribunal Federal

    Bancada do AM quer a aprovação da reforma da Previdência



    Comentários