Fonte: OpenWeather

    Visita de Bolsonaro


    O que esperar da visita de Bolsonaro ao Amazonas?

    Políticos do Amazonas esperam que a visita do presidente Bolsonaro nesta quinta-feira traga medidas positivas ao Estado. Representantes estaduais irão acompanhar reunião da CAS.

    | Foto: Evaristo Sá/AFP

    Manaus - Deputados estaduais, federais e vereadores devem acompanhar de perto a visita do presidente Jair Bolsonaro (PSL) à capital amazonense nesta quinta-feira (25), quando participa da primeira reunião do Conselho de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus (CAS) de 2019. A reunião contará com a participação do ministro da Economia, Paulo Guedes

    A 287ª Reunião Ordinária vai analisar 88 projetos industriais, sendo 26 de implantação e 62 de ampliação, atualização ou diversificação. Juntos, os projetos somam US$ 626.917 milhões em investimentos totais nos primeiros três anos de funcionamento das linhas de produção, com a geração de 3.545 novos postos de trabalho e previsão de faturamento na ordem de US$ 3.605 bilhões no mesmo período.

    Capitão Alberto Neto

    O deputado federal Capitão Alberto Neto (PRB) será um dos representantes da bancada federal do Amazonas que vai acompanhar a vinda do presidente. Para o parlamentar, a presença de Bolsonaro na reunião mostra prestígio e interesse do governo federal no estado.

    “Vários projetos serão aprovados e vão gerar emprego no Amazonas, mostrando que a Zona Franca de Manaus (ZFM) é um modelo de êxito. Além disso, precisamos pensar e construir novas matrizes econômicas, que sejam voltadas para a valorização do nosso potencial natural e cumpra o papel de gerar emprego e respeitar o meio ambiente”, disse.

    Delegado Péricles

    Presidente municipal do PSL, o deputado estadual Delegado Péricles estará na comitiva que acompanhará o presidente. Ele afirmou que a expectativa é que a vinda de Bolsonaro traga mais investimentos para a capital e que o presidente possui grande carinho pelo Amazonas.

    "Acredito na sensibilidade do presidente quanto às questões do nosso estado, principalmente nas que dizem respeito à Zona Franca de Manaus e BR-319. Vejo a vinda dele à nossa cidade como uma demonstração de que está aberto ao diálogo e preocupado com as causas locais. Com mudanças importantes na Suframa, ele deve trazer mais investimentos para Manaus e é isso que nós esperamos.

    Primeira visita de Bolsonaro ao Amazonas

    Essa é a primeira agenda oficial de Jair Bolsonaro no Amazonas após ser eleito presidente da República, em outubro do ano passado. Uma manifestação contra o governante e desmontes na educação, liderada pela Frente Brasil Popular, está prevista para acontecer durante a visita. De acordo com Péricles, o protesto tem origem ideológica.

    “Creio que tem origem em movimentos de esquerda, que vejo estar cada dia mais enfraquecida. Nós temos um presidente democraticamente eleito que tem realizado trabalho um concreto, diferentemente dos que estavam há tanto tempo no poder e saquearam' nosso país", disse.

    Membro da oposição, o deputado federal José Ricardo (PT) disse que a expectativa é que, após sete meses de governo, o Amazonas enfim seja beneficiado.

    “Pela primeira vez depois de sete meses de governo, se realiza a reunião da Suframa para aprovar projetos. Já era hora, uma vez que 80 projetos precisavam ser liberados para gerar empregos. Espero que alguma medida possa nos beneficiar. Até agora o governo Bolsonaro não beneficiou em nada o estado do Amazonas”, declarou.

    O governador Wilson Lima (PSC) estará presente na reunião, onde deve reafirmar a importância da ZFM.  Além da reunião, Bolsonaro deve visitar o Colégio Militar da Polícia Militar do Amazonas (CMPM V), que recebeu o prêmio de Melhor Escola do Mundo na Olimpíada Internacional de Matemática Sem Fronteiras (OIMSF), às 9h da manhã. 

    Comentários