Fonte: OpenWeather

    Hackers


    Bolsonaro diz que não troca mensagens comprometedoras pelo celular

    "Sempre tomei cuidado com as informações estratégicas, e essas não são passadas via telefone”, afirmou Bolsonaro em Manaus

    Declaração do presidente veio após relatório da PF
    Declaração do presidente veio após relatório da PF | Foto: Divulgação

    Manaus - “Se eu achar que o meu telefone, desde antes das eleições, estava sendo monitorado por alguém seria muita infantilidade. Não apenas por ser capitão do Exército e conhecedor da questão da inteligência. Sempre tomei cuidado com as informações estratégicas, e essas não são passadas vias telefone”, declarou Jair Bolsonaro, durante coletiva de imprensa em Manaus, nesta quinta-feira (25). 

    O posicionamento de Bolsonaro veio após a Polícia Federal divulgar, para o Ministério da Justiça e Segurança Pública, que aparelhos celulares usados pelo presidente estavam sendo alvos de hackers, presos na terça-feira (23). 

    Jair ressaltou que não está preocupado com o teor das conversas que existem no aparelho. “Não estou nenhum pouco preocupado, e se por ventura algo vazar do meu telefone não vão encontrar nada que comprometa”. 

    Edição: Isac Sharlon

    Leia mais: 

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no WhatsApp. Clique aqui!:

    Bolsonaro também foi alvo de ataques de grupo hacker

    O que esperar da visita de Bolsonaro ao Amazonas?



    Comentários