Fonte: OpenWeather

    Notas de Contexto


    Braga diz que Senado não está preocupado com factoides de Bolsonaro

    Eduardo Braga observou que um país com 13 milhões de desempregados não pode ficar parando para avaliar cada frase do presidente.

    Dilma Rousseff aproveitou para alfinetar Jair Bolsonaro | Foto: Malika

    Braga disse que Senado tem mais o que fazer e não está preocupado com “as polêmicas e os factoides” de Jair Bolsonaro.
    Braga disse que Senado tem mais o que fazer e não está preocupado com “as polêmicas e os factoides” de Jair Bolsonaro. | Foto: Agência Brasil

    Eduardo Braga

    O líder do MDB, senador Eduardo Braga, deu um chega pra lá no presidente Bolsonaro.

    Disse que o Senado tem mais o que fazer e não está preocupado com “as polêmicas e os factoides” de Jair Bolsonaro.

    Braga observa que um país com 13 milhões de desempregados não pode ficar parando para avaliar cada frase do presidente.

    — Não há espaço para ficarmos discutindo pautas de costume ou de enfrentamento ideológico. Acho que o Parlamento conseguiu se descolar de tudo isso –, advertiu o senador do Amazonas..

    New York Times

    Em reportagem de capa, de domingo, o jornal The New York Times destacou o aumento desenfreado do desmatamento na Amazônia.

    Ao mesmo tempo, a matéria resgata os esforços do Brasil para a preservação da floresta entre 2004 e 2012, quando o país criou novas áreas de conservação, aumentou o monitoramento e retirou créditos governamentais de produtores rurais que foram apanhados arrasando áreas protegidas. Isso trouxe o desmatamento ao nível mais baixo desde que a manutenção de registros começou, o que o New York Times reconhece em sua reportagem.

     Dilma Rousseff aproveitou para alfinetar Jair Bolsonaro
    Dilma Rousseff aproveitou para alfinetar Jair Bolsonaro | Foto: Malika

    Dilma quebra silêncio

    A ex-presidente Dilma Rousseff, que anda meio calada, aproveitou para alfinetar.

    — A devastação vem sendo feita na Amazônia com a complacência do governo de Jair Bolsonaro.

    Disse a que veio

    Disse Dilma que o comportamento de Bolsonaro e suas manifestações públicas sustentam a agressão ambiental e a violência.

    — Não estamos falando em tese. Em apenas seis meses, o governo de extrema-direita já mostrou a que veio –, disse Dilma em nota.

    Apesar de você

    E arrematou com a frase que soa como “deixe de mimimí”.

    — Precisamos resolver os problemas do Brasil, apesar do Bolsonaro e para além do Bolsonaro.

    Cadê o salário?

    Aproximadamente 400 instrutores do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) estão sem receber o salário desde fevereiro deste ano.

    — A situação está difícil e ninguém dá uma posição sobre o assunto –, disse ao CONTEXTO um funcionário que, por motivos óbvios, prefere não se identificar.

    Quando será?

    De acordo com o denunciante, toda vez que alguém vai perguntar alguma coisa para os diretores do Cetam, a resposta sempre é a mesma:

    — Vamos pagar semana que vem!

    Barril de pólvora

    O Centro de Recuperação de Altamira, no Pará, era mesmo um barril de pólvora prestes a explodir.

    Na segunda-feira (29), quando a rebelião explodiu, resultando em 57 mortos, a unidade prisional contava com 311 detentos, porém sua capacidade máxima é de 200 presos.

    Já o CNJ, quando da inspeção realizada, referente ao mês de julho/2019, constatou a existência de 343 presos, para apenas 163 vagas nessa unidade penitenciária.

    Contradições

    Isto é, há divergência ente os dados da Susipe (Sistema Penitenciário do Pará e do CNJ).

    Mesmo assim, os dois casos revelam a superlotação neste presídio”, afirmou.

    Gazeta

    O secretário de Educação, Luiz Castro, chegou à conclusão de que os professores da rede já sabem há algum muito tempo.

    A ausência de alunos é a principal dificuldade para a reposição dos 27 dias letivos do calendário especial definido pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM).

    Sabadão escolar

    Atualmente, mais de 300 escolas da capital e do interior estão com o calendário especial.

    Isso inclui aulas aos sábados duas vezes ao mês e em alguns feriados do segundo semestre.

    Faltaram

    Para se ter uma ideia, no último sábado (27), somente 35 mil, de um total de 175 mil estudantes matriculados em escolas que cumprem calendário especial, tiveram a presença registrada.

    Apelo aos pais

    Castro fez um apelo aos pais para que sensibilizem os filhos da importância de comparecer às aulas nos sábados.

    — Hoje nós estamos fazendo um apelo aos pais para que eles sensibilizem os filhos sobre a necessidade dessa participação.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Cerca de Jurubeba: burocracia para imprensa acompanhar Bolsonaro no AM

    Caxias e Manaus: violência Futebol Clube?

    Comentários