Fonte: OpenWeather

    povos indígenas


    Indígena do AM participa de reunião com a ministra Damares Alves

    O encontro foi em Brasília, onde a presidente do IAPOA discutiu temas sobre a população indígena do Estado

    Ministra Damares Alves recebeu a presidente do Iapoam, Kamila Ktusawa Mura, em Brasília
    Ministra Damares Alves recebeu a presidente do Iapoam, Kamila Ktusawa Mura, em Brasília | Foto: Thiago Monteiro

    Brasília - A presidente do Instituto de Apoio aos Povos Originários da Amazônia (Iapoam) Kamila Katusawa, da etnia Mura, esteve reunida com a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves na última quinta-feira (15), em Brasília, para debater sobre questões de saúde, assistência social e dentre outros assuntos voltados aos povos indígenas do Amazonas.

    De acordo com Kamila Mura, uma das principais pautas foi o processo de assistência à criança mulher e o direito dos povos assistidos. Segundo ela, o índice de crianças que precisam de atendimento médico, que estão sem educação básica de ensino e em risco social é grande em Manaus e no interior do Amazonas. 

    "Também falamos sobre a questão da cheia no Estado e diversas famílias que perderam sua colheita durante este período. Este primeiro contato foi para apresentar demandas e necessidades dos povos indígenas do Amazonas para o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Estaremos voltando até o final do mês para finalizar o cronograma de atividades e execução de projetos na Amazônia", afirma Kamila Mura.

    Ainda conforme a presidente do Iapoam, a informação sobre o direito da mulher indígena relacionado a violência racial e doméstica também foram debatidos durante a reunião com Damares Alves. Segundo Mura, alguns dos assuntos pautados foram encaminhados para a tenente do Exército Brasileiro Sílvia Nobre Waiãpi, secretária Especial de Saúde Indígena (Sesai).

    "Também esteve presente o gerente e coordenador de saúde do projeto de Medicina Arauete, Dr. Tadeu, que passou junto comigo toda a demanda de problemas de saúde indígenas e também ofereceu soluções para tenente Sílvia Waiãpi e também para a secretária de Igualdade Racial, Sandra Terena", destaca.

    Comentários