Fonte: OpenWeather

    Notas de Contexto


    Olho gordo na Prefeitura pode unir Amazonino e Braga

    Recentemente a CONTEXTO revelou que o próprio Eduardo Braga tinha interesse de disputar a Prefeitura

    O MDB é presidido no Amazonas pelo senador Eduardo Braga. | Foto: Malika

    Fontes da CONTEXTO dão conta de que o ex-governador Amazonino Mendes está decidido a se candidatar a prefeito de Manaus nas eleições do ano que vem.

    A empolgação se deu após recentes pesquisas de intenção de voto apontarem que ele tem chances de disputa, de igual para igual, com os demais postulantes.

    De volta pra casa

    Expulso do PDT pelo presidente estadual Hissa Abrahão, Amazonino tem conversas adiantadas para voltar ao MDB, onde iniciou sua carreira política em 1983.

    Para bom entendedor...

    Atualmente, o MDB é presidido no Amazonas pelo senador Eduardo Braga.

    Como para bom entendedor,meia palavra basta, Amazonino e Braga devem voltar a marchar juntos, repetindo a dobradinha de outrora.

    E com direito a rachas homéricos no futuro, como é de praxe.

    Já vimos esse filme

    A estratégia é clara, e as cartas estão na mesa.

    Recentemente a CONTEXTO revelou que o próprio Eduardo Braga tinha interesse de disputar a Prefeitura.

    No entanto, nos bastidores se comenta que ele aceitou abrir mão para que Negão seja o candidato da sigla.

    Dando que se recebe

    E aí, na campanha para o governo, o negão apoia o Braga.

    Isto é, se até lá não acontecer nenhum arranca rabo!

    Canto da sereia

    Amazonino já está, inclusive, em processo de construção de alianças.

    E quem se aproxima do ex-governador vai logo recebendo o convite. “Bora?”

    Sem Chico

    É o caso do PMN, que até pouco tempo atrás era presidido pelo vereador Chico Preto e agora é uma das siglas que deverão fazer parte da base de apoio a Amazonino.

    Costura

    Amazonino e o atual presidente do PMN, o advogado Marcelo Amil, têm conversado e alinhado as estratégias para 2020.

    Homicídio em queda

    A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) registrou no mês de julho uma queda de 25,5% no número de homicídios em relação ao mesmo período do ano passado.

    É o sexto mês consecutivo que os indicadores apresentam redução em Manaus.

    Números

    De acordo com os dados, foram registrados 70 homicídios em julho, contra 94 crimes da mesma natureza no mesmo mês do ano passado.

    Conforme as estatísticas da SSP-AM, foi o menor número de homicídios registrado num mês de julho desde 2015.

    Gabinete itinerante

    O governador Wilson Lima (PSC) vai montar um gabinete provisório em Tabatinga na próxima terça-feira, (27).

    Ao todo, 17 secretarias estaduais oferecerão serviços para a população do Alto Solimões.

    Sem perturbação

    O Supremo Tribunal Federal (STF) julgou constitucional o Projeto de Lei 4.644/2018, de autoria do deputado estadual Abdala Fraxe (Podemos).

    A nova Lei proíbe empresas e estabelecimentos comerciais de praticarem cobranças e vendas por telefone fora do horário comercial.

    Contestação

    O PL foi contestado por meio de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) ajuizada pelas representantes das empresas de telefonia.

    A lei

    A Lei 4.644/2018, aprovada em julho do ano passado pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), também veda a prática das empresas nos feriados e finais de semana.

    É um absurdo!

    — Existem casos absurdos em que as empresas ligam tarde da noite e até de madrugada -, afirmou Abdala Fraxe.

    Petista se encanta com ZFM

    A convite do deputado federal José Ricardo, o líder do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara, Paulo Pimenta (RS), visitou a Zona Franca de Manaus na última semana.

    Pimenta visitou a fábrica da Moto Honda e ficou impressionado com a grandiosidade da empresa, que emprega mais de seis mil funcionários.

    Aliado

    Paulo Pimenta afirmou que o partido votará em favor de uma emenda de autoria de Zé Ricardo à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 45/2019, que trata da reforma tributária, que assegura a competitividade da ZFM.

    Comentários