Fonte: OpenWeather

    Política no AM


    Vídeo:vereadores não aprovam projetos e desperdiçam mandatos em Manaus

    Existem vereadores que apresentaram em 2019 apenas duas propostas sendo que nenhuma foi aprovada. E qual a relevância desses projetos?

    Assista a reportagem | Autor: Juliano Couto/ TV Em Tempo

    Os projetos não aprovados na Câmara Municipal de Manaus atrasam o cumprimento das promessas de mandato
    Os projetos não aprovados na Câmara Municipal de Manaus atrasam o cumprimento das promessas de mandato | Foto: Reprodução TV Em Tempo

    Manaus- Na Câmara Municipal de Manaus (CMM) não são todos os vereadores que conseguem ter seus projetos aprovados. Algumas promessas de campanha acabam não sendo cumpridas quando esses projetos são analisados e não são aprovados pelos demais parlamentares. Muitas propostas se perdem ao longo do mandato.

    Cenário

    Aproximadamente 200 projetos de lei tramitam hoje na CMM. São 41 vereadores, ou seja, em média cada vereador apresentou cinco projetos. Isso significa que teve parlamentar que não apresentou nenhum projeto durante algum mês deste ano. Mas a direção da casa avalia este ano como produtivo.

    Existem vereadores que apresentaram em 2019 apenas duas propostas sendo que nenhuma foi aprovada. Por outro lado, outros tiveram a matéria aprovada que foi sancionada pelo prefeito mas que ainda não entrou em execução. Segundo a direção da casa legislativa não existe uma regra de quantos projetos apresentados ou aprovados devem ser entregues por cada vereador.

    Vereadores

    O vereador Iran Nicolau (PSD) superou a média ao apresentar dez projetos. Mas apenas um virou lei. Ele propõe que a iniciativa privada possa cuidar dos pontos de ônibus. Alonso Oliveira (PTN) não teve nenhum projeto aprovado este ano. A principal proposta dele é uma parceria de comunidades com o corpo de bombeiros para o combate a incêndios de grandes proporções.

    O vereador Elias Emanuel (PSDB) teve um projeto aprovado de bastante relevância para a área da educação: Identificar de forma precoce crianças autistas nas creches do município.

    Sassá da Construção Civil (PT) apresentou projetos voltados para a categoria da qual defende. Propôs o dia do trabalhador civil. 

    A população não concorda em manter vereadores que em mais de sete meses não tiveram nenhuma proposta aprovada. 

    Assista à reportagem da TV Em Tempo:

    Assista a reportagem | Autor: Juliano Couto/ TV Em Tempo
     

    Texto Web: Bruna Oliveira 

    Comentários