Fonte: OpenWeather

    Política


    Aleam destaca professores na melhoria do ensino

    Como parte da programação ocorre neste sábado,19, na Praia da Ponta Negra (Zona Oeste de Manaus), contará com cerca de 1.400 participantes, entre professores e estudantes.

     

    Dedicando parte de sua atuação à Comissão de Educação, Therezinha Ruiz vem de uma longa trajetória no Magistério, tomando como bandeira a valorização dos professores por melhores condições salariais e de trabalho, visando o avanço da qualidade do ensino público no Amazonas.
    Dedicando parte de sua atuação à Comissão de Educação, Therezinha Ruiz vem de uma longa trajetória no Magistério, tomando como bandeira a valorização dos professores por melhores condições salariais e de trabalho, visando o avanço da qualidade do ensino público no Amazonas. | Foto: Divulgação

    Manaus - Em sua 12ª edição, a Semana Estadual de Valorização do Educador, promovida pela Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), presidida pela deputada professora Therezinha Ruiz (PSDB), ressalta a atuação dos professores como protagonistas de ações transformadoras no ensino, mobilizando a sua participação nos eventos que premiam o empenho nas atividades escolares. 

    Instituída pela Lei Estadual nº 3.183/2007, de autoria de Therezinha Ruiz, ainda no seu primeiro mandato de deputada estadual, a Semana de Valorização do Educador, iniciou no dia 16 com a entrega da medalha do Mérito Educacional Professora Ignês de Vasconcelos Dias e se estende até o dia 23.

    Dentro da programação, destacam-se  a Corrida e Caminhada do Educador, o prêmio “Professor Inovador”  e a palestras motivacional “Despertando gigantes”. O evento conta com o apoio das Secretarias Estadual e Municipal de Educação (SEDUC/SEMED), e da iniciativa privada.

    “É gratificante realizar este evento que já se tornou uma tradição entre os professores da rede pública de ensino, contando com ampla participação nas atividades que visam o reconhecimento do trabalho e dedicação dos educadores na formação cidadã dos nossos alunos”, assinala Therezinha Ruiz.

    Dedicando parte de sua atuação à Comissão de Educação, Therezinha Ruiz vem de uma longa trajetória no Magistério, tomando como bandeira a valorização dos professores por melhores condições salariais e de trabalho, visando o avanço da qualidade do ensino público no Amazonas.

    A Semana de Valorização do Educador começou no dia 16 de outubro em Manaus e prossegue até domingo
    A Semana de Valorização do Educador começou no dia 16 de outubro em Manaus e prossegue até domingo | Foto: Divulgação

    Programação

    Medalha do Mérito Educacional

    Os profissionais destacados pelo êxito de sua atuação educacional foram homenageados pelos 24 deputados com a medalha do Mérito Educacional “Professora Ignês de Vasconcellos Dias”, em sessão solene realizada na quarta-feira, 16, no plenário Ruy Araújo, da Aleam. O Fórum Estadual de Educação também apresentou indicações, somando 34 professores homenageados com a comenda.

    “Foi uma bela homenagem em reconhecimento à notória atuação dos professores, que fazem a diferença na transmissão do conhecimento aos seus alunos, contribuindo dessa forma, para a melhoria do ensino no nosso Estado”, assinala a deputada Therezinha Ruiz.

    A Medalha do Mérito Educacional foi Instituída pela Resolução Legislativa nº 459/2009, de autoria de Therezinha Ruiz, e leva o nome da professora Ignês de Vasconcelos Dias, nascida em 1921 em Itacoatiara, que se tornou referência como educadora no Amazonas, tendo dedicado sua vida ao magistério, até chegar ao cargo de secretária de Estado da Educação.

    Dedicando parte de sua atuação à Comissão de Educação, Therezinha Ruiz vem de uma longa trajetória no Magistério, tomando como bandeira a valorização dos professores por melhores condições salariais e de trabalho, visando o avanço da qualidade do ensino público no Amazonas.
    Dedicando parte de sua atuação à Comissão de Educação, Therezinha Ruiz vem de uma longa trajetória no Magistério, tomando como bandeira a valorização dos professores por melhores condições salariais e de trabalho, visando o avanço da qualidade do ensino público no Amazonas. | Foto: Divulgação

    Corrida do Educador terá 1.400 participantes

    A Corrida pela Educação, que acontece na manhã deste sábado (19), na Praia da Ponta Negra (Zona Oeste de Manaus), contará com cerca de 1.400 participantes, entre professores e estudantes.

    A concentração será em frente ao Anfiteatro do balneário, a partir das 6h, com a realização de credenciamento e entrega de kits contendo camiseta, numeração e medalha aos participantes. Os três primeiros colocados na corrida receberão troféus.

    A largada será às 7h, com os participantes seguindo até a rotatória da Ponta Negra, e retornando ao Anfiteatro, cumprindo um percurso de 5 km. Durante o trajeto, os participantes serão monitorados por uma equipe de profissionais e de acadêmicos de Educação Física.

    O evento será aberto à participação de todos os interessados, mesmo aqueles que não tenham formalizado inscrição. Ao todo, foram inscritos 595 nomes para participar da corrida, e 791 que optaram pela caminhada.

    A Comissão de Educação se preocupou com todos os detalhes para que o evento ocorra com total segurança. Para tanto, os corredores contarão com a presença de profissionais do Corpo de Bombeiros da Policia Militar e de uma ambulância do Samu, para agir em qualquer eventualidade.

    De acordo com a professora Sarah Furtado, da Comissão Organizadora, o evento contará também com o apoio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e da iniciativa privada através da Fábrica e Refrigerantes Magistral.

    Dedicando parte de sua atuação à Comissão de Educação, Therezinha Ruiz vem de uma longa trajetória no Magistério, tomando como bandeira a valorização dos professores por melhores condições salariais e de trabalho, visando o avanço da qualidade do ensino público no Amazonas.
    Dedicando parte de sua atuação à Comissão de Educação, Therezinha Ruiz vem de uma longa trajetória no Magistério, tomando como bandeira a valorização dos professores por melhores condições salariais e de trabalho, visando o avanço da qualidade do ensino público no Amazonas. | Foto: Divulgação

    Palestra “Despertando Gigantes”

    Cerca de 1.000 professores se inscreveram para participar da palestra “Despertando Gigantes” que será ministrada pelo coach Maycon Tadeu, especialista  em Programação Neuro Linguística, ferramenta técnica de essencial importância para estimular a valorização das atividades profissionais.   A palestra será realizada no dia 22, às 19h, no auditório Nina Lins, da Universidade Nilton Lins.

    Na sua abordagem, o treinador enfocará especialmente a atividade educacional, visando o alcance de bons resultados, que garantam aos professores, pedagogos e gestores, perspectivas revolucionárias no seu trabalho nas escolas.

    De acordo com Maycon Tadeu, a metodologia da Programação Neuro Linguística, incentivará os profissionais atuantes na educação, a reavivarem seus sonhos, com o foco na autorresponsabilidade, trabalhando estratégias de comunicação pessoal e interpessoal.

    Prêmio “Professor Inovador”

    Esta será a primeira edição, em âmbito estadual, do prêmio “Professor Inovador”, que  tem como objetivo premiar, através de uma seleção, os projetos educacionais elaborados pelos professores da rede estadual de ensino e aplicados com êxito no contexto escolar, oportunizando novas metodologias de transmissão do conhecimento interdisciplinar, gerando vivências exploratórias significativas no processo de ensino e aprendizagem.

    Dos 140 projetos inscritos, os autores selecionados receberão o prêmio em sessão solene na  próxima quarta-feira, 23, às 14h, no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

    De acordo com a deputada Therezinha Ruiz, o prêmio “Professor Inovador” é uma forma de estimular as experiências inovadoras bem-sucedidas aplicadas nas escolas, com  participação familiar e da comunidade, que ajudam a  elevar o nível de aprendizagem dos alunos, a redução da repetência e da evasão escolar.

    Os trabalhos estão sendo examinados por uma comissão de avaliadores formada por representantes de instituições de ensino, que vão selecionar as práticas inovadoras que auxiliam na elevação do nível de aprendizagem dos alunos.

    A comissão avalia cuidadosamente os projetos que concorrem nas seguintes categorias: Educação Infantil; Ensino Fundamental I e II; Ensino Médio: Educação Especial; Educação Tecnológica e Educação Indígena.

    Independentemente da categoria, os projetos serão contemplados com os seguintes prêmios: 1º lugar, R$ 1.000,00; 2º lugar, R$ 500,00; 3º lugar, R$ 300,00.

    Comentários