Fonte: OpenWeather

    Prevenção


    ALE-AM vai antecipar metade do 13° salário de servidores idosos

    Servidores terão a opção de trabalhar home office ou suspender suas atividades

    Deputado Josué Neto, afirmou que algumas atividades da Assembleia serão suspensas | Foto: Foto Danilo Mello/ ALE

    Manaus - O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), deputado Josué Neto, anunciou na manhã deste sábado (14), que vai antecipar o pagamento da 1° parcela do 13° salário dos aposentados e pensionistas. O deputado anunciou ainda que algumas atividades da Assembleia serão suspensas como medidas de combate ao coronavírus, após o primeiro caso ser confirmado no Amazonas. 

    “Vamos liberar metade do 13°salário dos servidores ativos e inativos aposentados, para que eles possam ficar em casa para diminuir o contato pessoal com os demais, assim como suspender o acesso do público na Assembleia durante 20 dias para que a população não seja prejudicada”, afirma Neto.

    Segundo o diretor-geral da Aleam, Wander Mota, o custo da antecipação dos salários para servidores aposentados é de R$ 2,5 milhões e a data para o pagamento da primeira parcela deve acontecer nos dias 21 e 22 de março.

    Outra medida anunciada por Josué Neto são campanhas de prevenção, para conscientizar a população dos riscos e formas de contágio do vírus.

    De acordo com o deputado João Luiz (Republicanos), o Procon Legislativo da Assembleia atuará junto ao Procon do Estado para fiscalizar os valores abusivos das máscaras e álcool em gel que estão sendo vendidos em farmácias e estabelecimento.

    “Nós iremos lutar com todas as forças para identificar e penalizar os estabelecimentos que estiverem se aproveitando da situação para aumentar os valores desses produtos em tempos como estes a população deve ter acesso qualificado para não ser prejudicada”, diz João.

    Durante a solenidade, foi anunciada ainda, a proibição de viagens dos deputados para outros estados brasileiros e suspensa as visitas feitas aos interiores do Amazonas. “Caso seja necessário algum deputado ir até o interior ele passará por diversos exames que anulem a suspeita do vírus e comprovem a saúde do parlamentar para benefício de todos”, ressaltou Josué.

    Caso algum servidor da Casa sinta os sintomas do vírus, ele deve procurar o departamento médico da Assembleia para que sejam tomadas as providências cabíveis.

    Participaram da mesa diretora, os deputados Josué Neto, Augusto Ferraz, Péricles Rodrigues, Alessandra Campelo, Adalberto Cidade, João LuIz,  Dr. Arnoldo diretor da área de saúde, diretor geral Wander Mota e presentes por vídeo conferencia a deputada Mayara Pinheiro e o deputado Felipe Souza.

    Comentários