Fonte: OpenWeather

    Benefício social


    Câmara Municipal se prepara para aprovar o 'Auxílio Manauara'

    Com a implantação de medidas restritivas no estado, vereadores solicitaram a antecipação do auxílio, proposto por David Almeida, durante campanha eleitoral. O benefício atenderá cerca de 40 mil famílias de baixa renda do município

     

    O pagamento do auxílio, no valor de R$200, terá duração inicial de seis meses, podendo ser estendido por mais tempo
    O pagamento do auxílio, no valor de R$200, terá duração inicial de seis meses, podendo ser estendido por mais tempo | Foto: Divulgação

    Manaus - Após vereadores solicitarem ao prefeito David Almeida (Avante) o adiantamento do "Auxílio Manauara", o Projeto de Lei que estabelece os critérios do benefício vai ser encaminhado à Câmara Municipal de Manaus (CMM), nesta terça-feira (25). No mesmo dia, será realizada uma reunião extraordinária entre os parlamentares para discutir o PL e garantir que o benefício possa ser entregue à população ainda no mês de fevereiro.

    Na última semana, pelo menos 10 dos 41 vereadores de Manaus, entre eles Amom Mandel (Podemos) e Rodrigo Guedes (PSC), encaminharam, cada um, à Prefeitura de Manaus, um ofício em que solicitava a antecipação do auxílio.

    Segundo David Almeida, o auxílio que foi uma de suas principais promessas de campanha, iria ser pago nos primeiros cem dias de gestão, com previsão para iniciar no mês de abril. O benefício de R$200 vai ser destinado a cerca de 40 mil famílias em situação de vulnerabilidade social, além de beneficiários do programa Bolsa Família e trabalhadores informais abaixo da linha da pobreza, durante seis meses.

    Para o vereador Amom, o estado de calamidade pública é um indicativo da necessidade de discussão e votação do PL. O vereador explica que os outros parlamentares da casa estão alinhados com a proposta e devem garantir a aprovação da matéria, durante reunião desta terça-feira.

    "O Auxílio Manauara é uma promessa de campanha do prefeito David. Há alguns dias, solicitei, junto a outros vereadores, cada um individualmente, em ofício enviado à Casa Civil, que o prefeito considerasse a hipótese de antecipação do benefício. No meu entendimento, se vai pagar, que pague logo, pois a população precisa e a fome não espera. Vejo também que há um entendimento semelhante dos vereadores e há espaço para a aprovação da medida", afirmou o parlamentar.

    O vereador William Alemão (Cidadania) destacou a importância do benefício à população que já sente os efeitos da crise social e econômica na cidade. Para ele, apesar de baixo, o valor dará assistência a muitas famílias e garantirá a assistência necessária a muitos cidadãos.

    "Nós estamos em um momento onde quase todo o comércio está fechado, os serviços estão fechando, com exceção da construção civil, e muita gente se forma ao redor dos hospitais e UBSs [Unidades Básicas de Saúde] para se alimentar.  Nós estamos em um desespero muito grande. Manaus já era a cidade com maior índice de desemprego do Brasil, agora só piorou. A importância desse auxílio manauara é grande, R$200 salva uma vida, se consegue fazer rancho para um mês inteiro. Você não vai conseguir pagar conta de água ou de luz, mas você vai conseguir comer, então eu acho que é muito importante", destacou.

    Quem também considera importante a aprovação do Projeto de Lei é o vereador Carpê Andrade (Republicanos), que destacou que, dadas as circunstâncias, os parlamentares devem se unir para que o auxílio seja aprovado com urgência.

    "Estamos diante de uma tragédia que marca milhares de famílias. Neste momento devemos estender as mãos e nos unir. O vírus é uma guerra invisível que atinge todo um sistema. É extremamente importante o projeto, é hora de nos reunimos, planejarmos, organizarmos, fiscalizarmos e por fim agir para aprovar esse auxílio imediatamente. Famílias inteiras dependem única e exclusivamente desse benefício", disse.

    Aleam pede liberação de auxílio

    Ainda no ano passado, foi promulgada a lei 5.284, que cria o Cartão Social, um auxílio financeiro emergencial para famílias carentes cuja a situação tenha sido agravada devido à pandemia da Covid-19. O benefício foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) e, agora, os deputados se unem para solicitar ao Governo do Estado a implementação do auxílio. 

    Segundo a deputada Joana Darc (PL), é importante que o auxílio seja implementado em caráter de urgência no estado. “Neste momento de calamidade pública devemos ver todos os meios possíveis para dar suporte para população que está sofrendo com os impactos da pandemia".

    Leia Mais:

    Deputada propõe a implementação imediata do auxílio emergencial

    Vereador Rodrigo Guedes cobra do Governo do Estado auxilio emergencial

    Vereador pede antecipação do auxílio manauara para fevereiro

    Comentários