Fonte: OpenWeather

    Enchente


    Sinésio Campos pede ajuda humanitária ao município de Boca do Acre

    Segundo o deputado, mais de 240 famílias estão sendo afetadas pela cheia do Rio Purus

     

    O parlamentar relatou ainda que as famílias estão enfrentando problemas com a falta de abrigo
    O parlamentar relatou ainda que as famílias estão enfrentando problemas com a falta de abrigo | Foto: Divulgação


    Manaus - O deputado Sinésio Campos (PT) apresentou requerimento à Defesa Civil do Estado do Amazonas para que seja fornecida ajuda humanitária às famílias das comunidades ribeirinhas de Boca do Acre (1.028 quilômetros de distância de Manaus), localizadas às margens do Rio Purus, afetadas pela enchente do rio, além dos moradores de bairros na sede do município que também estão prejudicados pela enchente. A solicitação foi apresentada na quinta-feira (18), durante a sessão ordinária da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam).

    O deputado afirmou que mais de 240 famílias possuem residências na área de várzea, situada em frente às comunidades de São Paulo, Lago Novo, Praia do Inferno, Lago do Tambaqui, Floresta do Acre, Cajueiro, Flores e Anajás, bem como em bairros na sede de Boca do Acre que são as áreas mais atingidas, devido suas casas encontrarem-se alagadas, tendo que enfrentar constantes banzeiros de barcos e outros perigos. Os bairros são Praia do Gado, Morro da Macaca, Conjunto Antônio Jorge e Desvio Maria Leopoldina.

    “A enchente assola a vida das pessoas que vivem às margens do Rio Purus. Situação que traz o perigo de doenças endêmicas como dengue e, sobretudo, terreno propício para propagação da do novo Coronavírus, portanto se faz necessário o socorro às vítimas da Covid-19, mas também da enchente nos municípios da região”, alertou.

    O parlamentar relatou também que as famílias estão enfrentando problemas com a falta de abrigo, medicamentos, madeiras e outros tipos de ajuda. “Por isso estamos solicitando à Defesa Civil o fornecimento de ajuda humanitária, como cestas básicas, kits de medicamentos e madeira, em assistência às famílias do local supracitado atingidas pela enchente”.

    Sinésio Campos ressaltou ainda a aprovação da lei para remanejamento do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas (FTI) para a saúde (combate à Covid-19), bem como das propostas, de autoria dele, por meio de emendas, para a contribuição voluntária dos deputados no valor de R$ 200 mil, para aquisição de cestas básicas e o indicativo ao Governo federal para prorrogação do Auxílio Emergencial destinados às famílias em situação de vulnerabilidade em decorrência da pandemia. “Esses recursos também podem ser levados às famílias que estão sofrendo com a enchente do Rio Purús”, enfatizou o deputado.

     *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Deputado cobra aterro sanitário no município de Fonte Boa

    Deputados recebem reinvindicações de mototaxistas e motoristas de app

    Aleam define composição de comissões e inicia trabalhos legislativos

    Comentários