Fonte: OpenWeather

    Novo Membro


    Desembargador Wellington Araújo é eleito para vaga de Thury no TRE

    Mesmo sendo escolhido para substituir Aristóteles Thury no colegiado, a presidência da Corte Eleitoral será definida pelo próprio órgão

     

    | Foto: Divulgação

    Manaus - O nome do desembargador Wellington José de Araújo foi escolhido pelos desembargadores nesta terça-feira (30) do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM) para assumir o comando do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM). A vaga foi aberta devido ao falecimento do desembargador Aristóteles Lima Thury, ocorrido em 14 de fevereiro deste ano 

    Thury era presidente da Corte Eleitoral amazonense e deveria chefiar o órgão até o dia 7 de maio de 2022. Wellington Araújo, substituirá Thury na composição do colegiado, no entanto, a definição acerca da função de presidente da Corte Eleitoral caberá ao próprio órgão, em data ainda não definida.

    Antes de iniciar a votação por sistema, de forma remota, o presidente do TJAM, desembargador Domingos Chalub, informou que os votos seriam computados de forma sigilosa, conforme determina a legislação para escolha de membro do TRE.

    O desembargador Wellington recebeu 17 votos dos magistrados do pleno e agradeceu a todos os colegas que compõem o colegiado.

    Disse, ainda, que, em homenagem ao saudoso amigo Thury, vai envidar todos os esforços para continuar o trabalho que o magistrado estava realizando no TRE.

    Elci Simões de Oliveira, que também concorreu à vaga de desembargador da Corte Eleitoral, recebeu dois votos e declarou que “a democracia é o governo da maioria”. 

    O resultado da votação será encaminhado pelo desembargador Domingos Chalub ao presidente em exercício do TRE/AM, desembargador Jorge Lins, para deliberações pela instituição.

    Perfil

    O desembargador Wellington José de Araújo tem formação em Letras e Direito pela Universidade Federal do Amazonas e exerce a magistratura estadual desde 1980, com atuação nas Comarca de Urucará, Parintins e Manaus (tendo sido, na capital, juiz titular na 3.ª e 6.ª Varas Criminais; 1.ª Vara do Tribunal do Júri; Vara do Meio Ambiente; 2.ª Vara da Fazenda Pública Estadual; 8.ª e 18.ª Varas Cíveis e de Acidentes do Trabalho).

    Foi promovido a desembargador em 2010, já foi vice-presidente do TJAM (na gestão 2018/2020), e registra também atuação como membro do TRE/AM. Atuou, ainda, como diretor do Fórum Ministro Henoch Reis e como membro da Comissão de Apoio aos Polos do Interior do Amazonas.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    TJAM define lista tríplice para novos desembargadores nesta terça (30)

    TJAM lança editais para preencher duas vagas de desembargador na Corte

    TJAM divulga edital para substituir Aristóteles Thury, no TRE

    Comentários